Categories: Giro do Boi

Varejista Tesco pede ao governo do Reino Unido ajuda contra desmate

A Tesco, uma das maiores redes de varejo do Reino Unido, pediu ao governo britânico que realize diligências nas cadeias de fornecimento para garantir que os alimentos vendidos no país não estão relacionados a desmatamento. O pedido foi uma resposta à pressão para que a empresa ajude a combater o desmate na Amazônia. Para a Tesco, o governo precisa introduzir essa política na Estratégia Nacional de Alimentos.

Em comunicado, a companhia também disse reconhecer a necessidade de que o consumo de carnes e leite seja reduzido. Mas centrou o foco na frente ambiental.

“Nós todos vimos as imagens terríveis da Amazônia queimando no ano passado. Colocar fogo para limpar terra para cultivos ou pastagens está destruindo preciosos habitats. como a floresta brasileira. Isso precisa parar”, disse Dave Lewis, CEO da Tesco, em nota.

O pedido da empresa britânica veio em meio a uma pressão do Greenpeace para que a companhia deixe de comprar carnes da Moy Park e da Tulip – controladas pela JBS desde 2015 e 2019, respectivamente. A companhia afirmou, porém, que não vai excluí-as de sua base de fornecedores, argumentando que elas atendem seus padrões ambientais e de desmatamento zero.

A varejista afirmou que “penalizar fornecedores que estão fazendo sua parte e estão prontas para fazer mais mão pode ser de interesse dessa agenda”. A Tesco disse, ainda, que ambas são parceiras antigas e que a medida provocaria desemprego. As duas companhias empregam mais de 17 mil pessoas ao todo o Reino Unido.

A Tesco chegou a deixar de comprar carne produzida no Brasil em 2018 por causa do avanço do desmatamento no país naquele ano. A companhia tem como meta própria garantir que todos os seus alimentos estejam livres do desmatamento até o fim do ano, e disse estar perto de atingir o objetivo.

Outra meta do grupo é garantir que, até 2025, todo o farelo de soja usado em sua cadeia de fornecimento tenha certificados garantindo não vir de desmatamento.

Fonte: Valor Econômico.

This post was published on 6 de agosto de 2020

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Preço do Novilho do Mercosul segue perdendo força

O Novilho Mercosul voltou a cair nesta semana. O índice apurado pela Faxcarne apontou queda… Read More

25 de setembro de 2020

Equipamentos 3D são capazes de imprimir de um tudo — agora, até carnes

Em 1984, um estudante de engenharia perguntou ao americano Chuck Hull, inventor da impressora 3D,… Read More

25 de setembro de 2020

Certificação da Carne Hereford colhe resultados positivos em Santa Catarina

Assinado no final de 2019, o contrato entre a Associação Brasileira de Hereford e Braford… Read More

25 de setembro de 2020

BNDES volta a pedir ação por danos à JBS

Amparada por decisão favorável em tribunal arbitral, a BNDESPar, braço de participações acionárias do Banco… Read More

25 de setembro de 2020

Primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa já imunizou 166 milhões de animais

Os dados parciais da primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa em 2020 mostraram… Read More

25 de setembro de 2020

Pecuária orgânica é oportunidade pós-pandemia

Atividade ainda incipiente no País, a pecuária orgânica é viável e representa uma oportunidade de… Read More

25 de setembro de 2020