USDA reduz previsão de produção de carne bovina

Em seu relatório mensal de Estimativas de Oferta e Demanda Agropecuária Mundial, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) explicou que o declínio na produção de carne bovina em 2019 reflete, em grande medida, menores abates e abate de novilhas no segundo semestre do ano.

Para 2020, espera-se que o crescimento da produção seja mais lento, uma vez que os produtores respondem a custos de alimentação mais altos. A previsão de produção de carne bovina é reduzida com o menor abate esperado e o abate de novilhas, uma vez que os incentivos para adicionar peso no pasto diminuem o ritmo dos estágios de confinamento.

A previsão de importação de carne bovina aumentaram para 2019 sobre os dados de comércio recentes, mas a previsão de exportação foram reduziras em relação ao mês anterior sobre o ritmo atual das exportações de carne bovina para vários parceiros comerciais. Nenhuma mudança nas previsões foi feita para o comércio de carne bovina em 2020.

O USDA também reduziu as previsões de preço do gado para 2019 e 2020.

Fonte: MeatingPlace.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar