Taxa de desfrute ajuda a medir desempenho da fazenda

Entre os diversos indicadores de produtividade que podem ser utilizados em uma fazenda está a taxa de desfrute. Ela mede quantas arrobas foram comercializadas em relação ao estoque.

Porém, mais importante que se comparar com o mercado brasileiro ou com o mercado americano, é se comparar consigo mesmo. Quanto você tinha, qual foi o estoque utilizado, quanto você conseguiu girar desse estoque.

Lembrando do conceito financeiro, que o resultado financeiro é margem vezes giro, trata-se do quanto sobra em cada arroba que você produz vezes o número de arrobas que você consegue produzir. E o número de arrobas que você consegue produzir em relação ao número de arrobas que você tem em estoque é importantíssimo.

Então, você conseguir acompanhar esse número comparando você com você mesmo ao longo dos anos é um excelente indicador de performance.

Esse conteúdo é derivado da aula mensal da Universidade BeefPoint.

Inscreva-se: http://www.beefpoint.com.br/ubeef1

Siga o BeefPoint no Instagram: @beefpoint.

Fonte: BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar