Sustentabilidade: não acontece porque não sabemos o que é!!

Artigo de Beatriz Domeniconi, para o GTPS.

É difícil colocar em prática algo que não conhecemos bem, não é? Não sabemos por onde começar, não temos certeza de quanto vai custar, ou se vai mesmo valer a pena o esforço. É exatamente isso que tem acontecido com “a tal” produção sustentável. Apesar de ser uma palavra repetida tantas vezes em nosso dia a dia, você saberia dizer exatamente o que significa sustentabilidade? Conseguiria descrever um sistema de produção sustentável? E pecuária sustentável, o que é?

Na maioria das vezes, o tema sustentabilidade é associado às questões ambientais. Pessoas que já ouviram ou leram a respeito, o definem mencionando “o tripé” – social, ambiental e econômico. Mas ‘na prática’, do que se trata?

Para a pecuária, esse tema foi apresentado, a princípio, associado a grandes preocupações com o meio ambiente, especialmente desmatamento em florestas e mudanças climáticas. Para os consumidores de carne, couro, leite, uma preocupação com o impacto que eles estariam causando no planeta; para as indústrias e supermercados, a preocupação em garantir a origem dos produtos ofertados; para os bancos, o risco reputacional de financiarem atividades danosas ao meio ambiente; e para grande parte dos produtores, o risco de exclusão do processo de comercialização, muitas vezes sem ter clareza dos critérios considerados.

Podemos pensar que sustentabilidade é a ‘habilidade de sustentar’ – garantir que uma determinada atividade seja perene, que seja possível realizá-la ao longo do tempo em qualidade igual ou superior a que se tem no momento. Para isso, deve-se conhecer e gerir bem todos os recursos (dinheiro, pessoas, solo, água…) necessários à atividade para que eles não se esgotem ou percam qualidade com o passar do tempo.

Para ter certeza de que será possível continuar produzindo ao longo do tempo, é preciso ter garantias, como documentação da terra, atendimento às leis trabalhistas e ambientais e registros que garantem a origem e o destino responsável dos produtos, como notas fiscais e Guias de Trânsito Animal. É preciso garantir a segurança e a qualidade de vida dos funcionários, além de capacitá-los para as funções que desempenham. É preciso manter a qualidade dos solos, garantindo boa infiltração da água e desenvolvimento das pastagens. Proteger as fontes de água e manter a sua qualidade. Garantir a saúde e o bem-estar dos animais. Mas como fazer tudo isso e ainda ganhar dinheiro com a atividade?

Acima de tudo, é imprescindível que o produtor conheça seus custos de produção e garanta a viabilidade econômica da sua atividade. Todas as atividades devem ser planejadas e adequadas às condições do ambiente e a capacidade de investimento. Sustentabilidade está muito mais associada à adaptação da atividade às condições disponíveis e à evolução contínua, do que a um objetivo específico. “Dar o passo do tamanho da perna” e seguir melhorando sempre. Grande parte dos produtores já praticam sustentabilidade, mas não sabem.

Um produto não é sustentável por atender a critérios específicos, por exemplo, por ser orgânico, por não ser transgênico ou por não estar relacionado ao desmatamento! Um produto é sustentável quando os seus sistemas de produção, processamento e comercialização levaram em consideração todos os aspectos ambientais, sociais e econômicos para serem definidos. Nenhum critério, isoladamente, define o que é produção sustentável e tentar priorizar um deles com o intuito de agilizar o processo de desenvolvimento sustentável, gera confusões, preconceitos e dificulta ainda mais a compreensão de quais práticas devem ser implementadas de fato.

Por Artigo de Beatriz Domeniconi, para o GTPS.

Share

View Comments

  • Excelente ponto de vista. Por erros conceituais e de entendimento, muitos acham que ser sustentável requer grandes esforços ou que será um processo extra, além de tudo o que já fazem, quando na verdade é bem o contrário disso. Parabéns pelo texto!

Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Brasil registra 4.683 casos confirmados de coronavírus até 31/03

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até às 11h55 desta terça-feira (31), 4.683 casos confirmados… Read More

31 de março de 2020

Nova Zelândia: setor suíno pode sofrer crise de bem-estar animal

A decisão do governo de excluir açougueiros independentes da lista essencial de negócios causará uma… Read More

31 de março de 2020

Nova Zelândia: frigoríficos continuam abertos, mas o processamento levará mais tempo

As empresas de carne da Nova Zelândia criaram agora um conjunto de protocolos que permitirão… Read More

31 de março de 2020

JBS corta produção de carne bovina nas instalações dos EUA

A JBS USA reduzirá a produção de carne bovina por duas semanas em uma instalação… Read More

31 de março de 2020

Plataformas digitais em alta no campo

Em meio à pandemia do novo coronavírus, os serviços digitais voltados ao agronegócio têm auxiliado… Read More

31 de março de 2020

Conab adota medidas para garantir continuidade de serviços essenciais

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) informa que adotou medidas para garantir a continuidade de… Read More

31 de março de 2020