Categories: Dicas de Sucesso

Subprodutos para ruminantes: alternativa para elevar a rentabilidade da produção

Devido às características únicas de seu sistema digestivo, os ruminantes conseguem transformar subprodutos da agroindústria em nutrientes destinados aos processos produtivos. Ao utilizar resíduos ou alimentos não convencionais da maneira correta, o produtor tem a real possibilidade de elevar a rentabilidade da atividade pela redução de custos, mantendo o desempenho animal.

Considerando-se que a alimentação corresponde a 40-60 % dos custos totais de produção sendo, inclusive, o custo mais variável, a substituição de alimentos convencionais por subprodutos torna-se fator importante para redução dos custos.

No entanto, vários componentes do custo devem ser considerados, como: logística; transporte; descarga e armazenamento; perdas na armazenagem; fluxo de caixa da propriedade; teor de matéria seca do material; composição nutricional, além do resultado que se pode esperar da introdução do subproduto em questão na dieta.

Deve-se ter meios práticos e eficazes de avaliação para os vários alimentos disponíveis no mercado. Sob o ponto de vista econômico, há várias maneiras de avaliar os alimentos alternativos, sendo um deles levar em conta o valor nutricional de determinado alimento em função de sua composição, de seu preço, e da composição e preços do milho e do farelo de soja, fontes tradicionais de energia e proteína, respectivamente.

Outra vantagem do uso de subprodutos é que alguns deles podem conter ingredientes especiais ou complementares aos já existentes na dieta, que proporcionam um “ajuste fino” da dieta, possibilitando melhor desempenho dos animais. Como exemplo, poderíamos citar o resíduo de cervejaria, que possui alto teor de proteína não degradável no rúmen (by-pass), além de aminoácidos normalmente limitantes em dietas baseadas em milho e soja, podendo auxiliar no balanceamento de dietas de vacas leiteiras de alta produção. Outro exemplo seria a fibra de alta digestibilidade da polpa cítrica e da casca de soja, dois alimentos energéticos que normalmente têm efeito associativo positivo quando utilizados em substituição a parte do milho (amido), em dietas com alta inclusão de concentrados, trazendo benefício tanto à saúde quanto à produtividade animal.

Atrelados às vantagens, diversos fatores de risco devem ser avaliados, antes da introdução de um subproduto à dieta.

O primeiro deles refere-se à própria decisão de quais produtos adquirir. Quando você passa a fazer uso de subprodutos, é necessário formular toda a dieta na fazenda, o que requer conhecimento ou assessoria técnica especializada. A importância disso, se reflete no fato de que o resultado prático do uso de determinado subproduto depende do mesmo complementar ou substituir em pé de igualdade os ingredientes tradicionais de uma dieta básica. Sendo assim, esta questão envolve tanto o fator nutricional, quanto o fator custo.

Para garantir o sucesso de sua produção, reduzindo custos alimentares e ao mesmo tempo mantendo eficiência nutricional, é necessário que se saiba o valor relativo dos subprodutos, os métodos para escolha eficiente desse tipo de alimento alternativo, visando o fornecimento de dietas balanceadas de baixo custo ao rebanho.

O conteúdo acima faz parte do material do Curso Online Subprodutos para ruminantes: estratégias para reduzir o custo de alimentação

Neste curso, elaborado pelos engenheiros agrônomos Alexandre M. Pedroso, doutor em Ciência Animal e Pastagem, e Marina de Arruda Camargo Danés, os alunos irão adquirir conhecimento técnico para formular toda dieta da fazenda, aumentando a lucratividade de sua produção.

Para saber mais sobre este curso que começa no dia 24/02, acesse a página Subprodutos para ruminantes: estratégias para reduzir o custo de alimentação

Não perca tempo e faça sua inscrição!

This post was published on 2 de fevereiro de 2010

Share

Recent Posts

Uruguai estuda protocolo para incluir gado terminado com grãos na Cota Hilton

Membros do setor privado uruguaio e do Poder Executivo estão estudando a possibilidade de solicitar… Read More

8 de julho de 2020

Produção de grãos no país deve chegar a 251,4 milhões de toneladas impulsionada pela colheita de milho e soja

A produção brasileira de grãos deverá ser de 251,4 milhões de toneladas na safra 2019/2020.… Read More

8 de julho de 2020

Exportação de carne bovina dos EUA atinge em maio menor nível mensal em 10 anos

As exportações de carne bovina e suína dos Estados Unidos caíram em maio, refletindo, em… Read More

8 de julho de 2020

Marfrig lança programa de apoio a pequenos restaurantes

A brasileira Marfrig, segunda maior indústria de carne bovina do mundo, lançou hoje um programa… Read More

8 de julho de 2020

Inmet emite alerta vermelho para chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso vermelho (grande perigo) para acumulado de… Read More

8 de julho de 2020