Categories: Editorial

Sua fazenda e o coronavírus

Olá, tudo bem? Miguel Cavalcanti aqui.

Esses últimos dias foram agitados.

Na quarta-feira a noite (dia 11/março), li muito, estudei e refleti sobre o cenário coronavírus no Brasil.

Avaliei os números, o que aconteceu e está acontecendo na China, na Itália, na Coreia do Sul e nos EUA.

E também no Brasil.

E percebi que a situação era mais grave do que eu estava pensando.

Até quarta, dia 11/03, as 11 da noite eu estava bem tranquilo, acreditando que era muito mais uma viralidade do medo, do que da doença.

Tarde da noite, na quarta, depois de ler vários artigos longos em inglês, sobre o coronavírus, percebi que era bem mais sério.

Não pela taxa de mortalidade da doença, mas pela velocidade que ela se espalha e pelo potencial colapso que causa no sistema de saúde.

Na Itália, em pleno 2020, os hospitais e médicos precisam decidir que vai ser tratado e quem não vai.

Duro.
Triste.
Impensável.

Na quinta e na sexta, o medo se espalhou mais ainda. Quedas brutais na bolsa e preços das ações e do petróleo. E o dólar explodindo.

E chegou até o preço do boi.
O terrorismo começou.
Já era de se esperar.

Para o nosso negócio, BeefPoint e AgroTalento, metade dele vai ser duramente afetado.

Fazemos eventos, treinamentos, cursos, consultoria e grupos de mastermind.

Metade online.
Metade presencial.

O impacto do presencial vai ser bem grande.

Eventos sendo cancelados.

Na quinta 12/03, cedo, fiz uma reunião com minha equipe.

Já pedi para adiar nossos eventos de abril.

Duas imersões que estavam sendo preparadas com muito carinho. Centenas de pessoas na lista para se inscrever.

Adiamos.
Ainda sem nova data.

E também não estamos vendendo nenhuma imersão presencial, nem mesmo para junho.

Estamos avaliando, analisando, acompanhando. De perto e com cuidado.

Isso vai afetar nosso negócio. Negativamente.

Menos caixa, menos faturamento, menos clientes, menos lucro.

Sim.
Tem vários impactos.
Muitos negativos.

Mas escolhemos que não vai impactar nossa atitude.

Não vai impactar nossa coragem.

Não vai impactar nossa liderança.

Não vai nos enfraquecer com o medo.

Fica aqui meu convite para você.

Você que está lendo essa mensagem.

Você é um líder.

Você é parte de uma minoria.

Uma minoria informada.
Uma minoria que pensa.
Uma minoria que é líder.

Líder na sua fazenda.
Líder na sua região.
Líder no seu mercado.
Líder no seu segmento.

Líderes trazem clareza.
Líderes trazem certeza.
Líderes trazem confiança.

Assuma seu papel de líder.

Mesmo que um pequeno passo de cada vez.

Além da liderança, preciso te convocar a ter mais estratégia.

Estratégia para a forma que você consome notícias.

Estratégia para a forma que você se alimenta.
Que você dorme.
Que você descansa.
Que você prepara seu corpo.

Estratégia para a forma que você se protege da doença.
E evita que pessoas do seu círculo peguem, em especial pessoas mais idosas.

Pense sobre isso.
Se informe, de forma serena e embasada.

E conte comigo.
Conte com minha equipe.

E mais.

Segue trecho que li hoje cedo, de um especialista em negócios.

Traduzi do inglês para você.

====================
Proteja sua fazenda.
Proteja seu negócio.
Proteja sua carreira.

Quando o mercado cai, você sabe quem é explorado?

Amadores.

Você sabe quem se torna heróis?

Especialistas.

Portanto, prepare-se agora para ser um especialista antes desta crise do mercado.

“Os especialistas se tornam insubstituíveis e se elevam em quedas de mercado.”
====================

Pense sobre isso.

Estratégia.
Pensamento acurado.

Amadores X Especialistas.

Conta comigo.

Vamos sair mais fortes de mais essa crise.

Vamos que vamos!
Bom final de semana.

Abraços, Miguel Cavalcanti


PS: Reforçando…

Fica aqui meu convite para você.

Você que está lendo essa mensagem.

Você é um líder.

Você é parte de uma minoria.

Uma minoria informada.
Uma minoria que pensa.
Uma minoria que é líder.

Líder na sua fazenda.
Líder na sua região.
Líder no seu mercado.
Líder no seu segmento.

Líderes trazem clareza.
Líderes trazem certeza.
Líderes trazem confiança.

Conta comigo.

This post was published on 18 de março de 2020

Share
Published by
Miguel da Rocha Cavalcanti

Recent Posts

FAO: apesar da pandemia, produção mundial de carnes recua apenas meio por cento em 2020

No segundo Food Outlook do corrente exercício, ontem divulgado, a FAO estima que a produção… Read More

27 de novembro de 2020

Ministra da agricultura da Alemanha pede que frigoríficos trabalhem horas extras para escoar animais alojados em fazendas

A ministra da Agricultura da Alemanha pediu na sexta-feira (27) que os frigoríficos trabalhem nos finais… Read More

27 de novembro de 2020

Produtos agropecuários respondem por 21% da movimentação dos portos brasileiros

A participação dos produtos agropecuários na movimentação de cargas nos portos brasileiros passou de 16%… Read More

27 de novembro de 2020

IGC reduz estimativa para a produção globalde grãos em 2020/21

O Conselho Internacional de Grãos (IGC, na sigla em inglês) reduziu em 7 milhões de… Read More

27 de novembro de 2020

Câmbio e demanda externa pressionam alimentos, que pesam em preços ao produtor

A alta de 3,4% no Índice de Preços ao Produtor (IPP) em outubro foi fortemente… Read More

27 de novembro de 2020

China beneficia operações de Marfrig e JBS também nos EUA

O indicador de margem bruta da indústria de carne bovina dos EUA chamou a atenção… Read More

27 de novembro de 2020