Sensor inteligente identifica deterioração de carne, afirmam cientistas

Cientistas do Reino Unido e da China desenvolveram um nanossensor inteligente não destrutivo para uso em embalagens de alimentos que oferece monitoramento de deterioração de carne em tempo real.

O sensor colorimétrico de sulfeto de hidrogênio (H2S), baseado em nanopartículas de prata revestidas com goma de gelano, exibiu alta sensibilidade e seletividade de H2S contra outros componentes voláteis gerados de peito de frango e carpa prateada durante a deterioração, de acordo com a equipe de pesquisa.

O sensor apresentou alterações de cor visíveis de amarelo a incolor, detectando H2S gerado a partir do peito de frango e amostras de carpa em um sistema de embalagem.

Fonte: MeatingPlace.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar