Categories: Giro do Boi

Resultado da enquete BeefPoint: qual a sensação/sentimento para o preço do boi gordo nesse final do ano?

Começamos na terça-feira, 27/set, uma enquete sobre qual será o valor do boi gordo (em SP) nos meses de outubro, novembro e dezembro. Até sexta-feira recebemos 166 respostas de 16 estados do país. Confira os resultados.

Para outubro/2011 a expectativa é de manutenção da arroba nos patamares de hoje, entre R$96 e R$100 com 40% das respostas (66 respostas). Com 36% de escolha, 56 leitores acham que a arroba tem espaço para subir e ficar entre R$101 e R$105.

Gráfico 1. Qual sua sensação / sentimento para o preço do boi gordo no final de outubro 2011 (preço em SP)?

As perspectivas para novembro e dezembro são de alta comparadas às de outubro. Para os dois últimos meses do ano, a faixa do valor da arroba escolhida pela maioria foi a de R$101 a R$105. Para novembro, 38% (ou 63 respostas) acreditam no preço entre R$ 101 e R$ 105/@. Para dezembro, 37% (ou 62 respostas) prevêm essa faixa de preço.

Gráfico 2. Qual sua sensação / sentimento para o preço do boi gordo no final de outubro 2011 (preço em SP)?

Gráfico 3. Qual sua sensação / sentimento para o preço do boi gordo no final de outubro 2011 (preço em SP)?

A tendência para o preço da arroba em novembro e dezembro (mostrada pelos leitores) foi a mesma da mostrada em outubro, porém em um patamar mais elevado. A faixa de preço para a arroba escolhida pela segunda maior parcela de leitores foi a de R$106 a R$110. Essa tendência de alta é identificada nos comentários deixados no formulário da enquete.

Plínio Santana (Santa Fé do Sul, SP) foi o primeiro a comentar. Acredita “que haverá uma redução gradativa das ofertas de boi de confinamento, encurtando as escalas dos frigoríficos de pequeno a médio porte, já que os grandes têm boi travado, e escala praticamente garantida. Com esse encurtamento de escala haverá uma pressão por parte dos pecuaristas para elevar o preço da @”. Plínio indicou preços: R$96-100/@ para outubro e R$101-105/@ para novembro e dezembro.

Gustavo Figueiredo de São José do Rio Preto, SP ainda levanta a questão das chuvas. “Com a escassez das chuvas, animais terminados a pasto serão representativos somente após dezembro, e quem sabe, após janeiro. Dessa forma, os preços para @ em São Paulo serão mais firmes”. Gustavo acredita nos seguintes preços: R$96-100/@ para outubro e R$101-105/@ para novembro e dezembro.

Eurico Duarte, de Araxá, MG também comenta a escassez de boi gordo para abate em novembro e dezembro em sua região, “uma vez que todo boi magro que se encontrou foi levado para o cocho.” Eurico tem maior perspectiva de alta que a maioria, nos três meses. Para outubro R$101 a R$105 e para novembro e dezembro R$106 a R$110.

Flavio Abdo da Fazenda Conforto também está com perspectiva de preço maior que a maioria, igual à de Eurico. Flavio relaciona vários indicadores: “Escalas em média mais curtas, diferencial de base SP x Outros Estados bem fechado, diferencial boi x vaca também estão mais fechados. Preços de carne melhores no mercado interno, melhor demanda no mercado externo e clima muito seco. Acredito que se tivermos surpresas vão ser positivas”.

Carlos de Oliveira (Piracicaba, SP) lembra do aquecimento do mercado interno devido à primeira parcela do 13º salário e também comenta que o final do abate de bois confinados e os bois a pasto que sairão só em 2012 são fatores de alta para a arroba no final do ano. Carlos espera os seguintes preços: R$96-100/@ para outubro e R$101-105/@ para novembro. Para dezembro elevou sua faixa de preço para a de R$106 a R$110.

Também tiveram comentários sobre a influência da aftosa no Paraguai nos preços brasileiros, a concentração dos frigoríficos e pressão nos preços, a crise financeira mundial e as boas expectativas para as exportações brasileiras devido à valorização do dólar frente ao Real.

Somando os votos por faixa de preço para os três meses (166 x 3 = 498), a faixa mais escolhida foi a de R$101 a R$105, representando 37% de escolha, com 184 votos. Em segundo lugar ficou a de R$96 a R$100 com 115 (23%) e a terceira faixa escolhida foi a de R$106 a R$110, com 109 escolhas. Podemos concluir que a perspectiva é de alta em relação ao valor da arroba atual.

Agradecemos a todos pela participação na enquete e todos ficam convidados para comentarem e deixarem sua opinião sobre as perspectivas para o mercado e para o preço da arroba neste quarto trimestre. Muito obrigado!

Comentário BeefPoint: Muito interessantes as respostas e a participação. Interessante notar que a sensação de preços para outubro é entre R$ 96 e R$ 105/@. E para novembro e dezembro, a maior parte espera preços entre R$ 101 e R$ 110/@. A pesquisa Top 50 de confinamentos indicou uma inversão de pico de saída de animais de confinamento: menos em outubro e mais em setembro. O mercado está percebendo isso e indica melhores preços mais para o final do ano. Nossa percepção pessoal é de preços entre R$ 101 e R$ 105/@ para os próximos três meses. Os fatores positivos são a demanda interna, alta do dólar e oferta reduzida. O fator negativo é a possibilidade de inflação no Brasil e agravamento da crise mundial.

This post was published on 3 de outubro de 2011

Share

View Comments

  • Mas se ficar nesse patamar aí em São Paulo e o boi de Gois que deve faltar daqui pra frente , se ficar nisso aí aqui não decola,meu ponto de vista e que em São Paulo deve ficar acima de 115.0 reais ou firme, acredito que afalta de animais nos estados de Mt, Goiás , são Paulo. Vai ser bem puchada alem do mais tem Rússia que pode entrar nesses meses a frente

  • Prezados,



    Parabéns pela pesquisa


    Dados sempre fidedignos e muuito bem colocados



    Grato



    Flavio Abdo



  • Parabens pela iniciativa da pesquisa que nos da visao setorial mais ampla

    em relaçao ao Pais e nao somente a nivel local/regional

Recent Posts

Exportações de carne bovina do Uruguai estão se recuperando

As exportações uruguaias de carne bovina se recuperaram no primeiro trimestre de 2021 quando comparadas… Read More

14 de abril de 2021

Estudo: Produção bovina pode diminuir emissão de GEE até 50% através de práticas eficientes

Uma equipa de investigação liderada pela Universidade Estadual do Colorado descobriu que a indústria da… Read More

14 de abril de 2021

Exportações de carne em março aumentam 37,7% em relação ao mês anterior em MT

As exportações mato-grossenses de carne bovina em março de 2021 aumentaram 37,7% em relação a… Read More

14 de abril de 2021

MS está entre os estados com maior adoção de sistemas de integração e plantio direto no Brasil

Na semana em que celebramos o Dia Nacional da Conservação de Solos, Mato Grosso do… Read More

14 de abril de 2021

Carne bovina: ‘Brasil pode passar a exportar 35% da produção em breve’

A arroba do boi gordo segue em alta nos mercados físico e futuro. Quem vê… Read More

14 de abril de 2021

Frigoríficos brasileiros operam com margens abaixo de 3%, diz fonte

A disparada do boi e o cambaleante mercado doméstico reduziram as margens dos frigoríficos a… Read More

14 de abril de 2021