Quer criar crianças inteligentes, saudáveis e fortes? Dê carne para elas

A carne é realmente um superalimento, oferecendo 10 nutrientes essenciais em cada porção. A carne é rica em ferro para ajudar nosso corpo a usar oxigênio; colina para apoiar o desenvolvimento do sistema nervoso; proteína para ajudar a preservar e construir músculos; selênio para proteger as células de danos; zinco para manter um sistema imunológico saudável, vitaminas B6 e B12 para ajudar a manter a função cerebral, fósforo para ajudar a construir ossos e dentes fortes; niacina para apoiar a produção de energia e metabolismo e riboflavina para ajudar a converter alimentos em combustível.

Além disso, as gorduras saudáveis para o coração encontradas na carne bovina proporcionam saciedade enquanto alimentam nossos cérebros, e numerosos estudos mostram a importância das gorduras e proteínas animais na dieta para uma ótima saúde, bem-estar e desempenho físico/mental.

Um artigo chamado “Crianças em dietas sem carne têm crescimento prejudicado” ressurgiu no Facebook 14 anos após a data de publicação.

Apesar da data do estudo, a informação fornecida é tão válida e atual como sempre e ressalta como a carne é vital para as crianças durante seus primeiros anos de vida.

O artigo detalha um estudo africano que envolveu 544 crianças no Quênia (idade média de 7 anos) cujas dietas consistiam em grande parte de amido de milho e feijão. Durante um período de dois anos, um grupo de crianças recebeu um suplemento de 56 gramas de carne.

Dois outros grupos receberam uma xícara de leite por dia ou um suplemento de óleo contendo a mesma quantidade de energia. A dieta de um quarto grupo foi deixada inalterada.

Segundo o artigo, “as mudanças observadas nas crianças que receberam a carne e, em menor escala, o leite ou o óleo, foram dramáticas”.

De fato, de acordo com os resultados do estudo, “Verificou-se que em comparação com controles que não tiveram intervenção, o grupo de carne teve aumento de 80% na massa muscular ao longo dos dois anos do estudo, e o grupo de leite e energia teve 40% mais aumento na massa muscular.

“Em termos de função cognitiva, o grupo que recebeu o suplemento de carne mostrou a maior melhoria na inteligência fluida ao longo dos dois anos, e aqueles que receberam leite ou suplementos energéticos foram melhores que os controles.

“O grupo que recebeu os suplementos de carne foi mais ativo no playground, mais falante e brincalhão, e mostrou mais habilidades de liderança.

“Os resultados dos testes para habilidades mentais melhoraram em 35 pontos para o grupo de carne, 14 para o leite e permaneceram inalterados para as crianças que não receberam suplementos.

“Adicionar carne ou leite às dietas também eliminou quase completamente as taxas muito altas de deficiência de vitamina B12 vistas anteriormente nas crianças”.

A carne bovina é rica em nutrientes que alimentam mentes e corpos ativos. Eliminar a carne da dieta em crianças pequenas é completamente perigoso e vai contra a esmagadora evidência que prova a eficácia das gorduras e proteínas animais na dieta.

Fonte: BEEF Magazine, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar