Categories: Novas do BeefPoint

Produção de eucalipto: confira a entrevista com os instrutores deste curso online

Todo produtor rural tem condições de produzir eucalipto. Para tal, a qualidade na implantação das florestas é aspecto imprescindível para o sucesso de todo processo, possibilitando diversos tipos de manejo e inúmeras alternativas econômicas. Para falar das características e vantagens dessa prática, Alexandre Tadeu Avino Barboza Leite e Marcelo Lavras Trapé, engenheiros agrônomos, formado na ESALQ-USP, concederam uma entrevista para a AgriPoint.

Alexandre Tadeu Avino Barboza Leite é especializado em silvicultura e manejo de solos. É Sócio-Diretor da Teca – Consultoria e Empreendimentos Florestais; coordenador técnico do Programa de Desenvolvimento Florestal Integrado da Região de Bragança Paulista e atua em perícias técnicas, avaliações de terras e florestas, gestão de ativos florestais, estudos de viabilidade econômica e elaboração de projetos para financiamentos florestais.

Marcelo Lavras Trapé possui cursos de extensão acadêmica nas áreas: solos e licenciamento e perícia ambiental.É sócio-Diretor da DAPLAN, empresa especializada, em serviços silviculturais e de recuperação de áreas degradadas. Atua junto a TECA Consultoria e Empreendimentos Florestais em perícias técnicas, gestão de ativos florestais, estudos de viabilidade econômica e elaboração de projetos para financiamentos florestais. Já participou de eventos do setor como palestrante.

Alexandre e Marcelo também serão instrutores do curso online Produção de Eucalipto: conceitos técnicos e econômicos, com início no dia 25/01. Confira a entrevista e saiba mais sobre o tema:

Qual importância da produção de eucalipto, tanto como forma de diversificação de fonte de renda como na questão ambiental?
Além de se apresentar como uma opção de diversificação de renda, a cultura do eucalipto, quando bem implantada, demanda pouco trabalho na fase de manutenção. Com isso, há possibilidade de se produzir uma receita futura, de alta flexibilidade de manejo, em caso de variações de preços, sem que seja necessário perder o foco na atividade principal da propriedade.

Em relação à questão ambiental, apesar de alguns mitos criados em torno da cultura, ressaltamos a existência de inúmeros trabalhos científicos que divulgam as vantagens ambientais da cultura do eucalipto, quando comparado as diversas culturas agrícolas e pecuárias. Podemos destacar entre os diversos assuntos estudados, vários trabalhos ligados a conservação de solo e da água e a fixação de CO2.

A produção de eucalipto é recomendada para que tipo de produtores e com quais objetivos?
Respeitando-se a legislação ambiental e a restrição em alguns municípios, qualquer produtor rural pode produzir eucalipto. No entanto, tanto para utilização da madeira na propriedade, quanto para sua venda, há necessidade de planejamento correto, levando em consideração, principalmente, as características da propriedade e da região onde ela está situada.

Quais são os principais fatores que se deve saber antes de implantar uma floresta de eucalipto?
Há necessidade de se informar e respeitar a legislação ambiental (região/município) e de realizar um planejamento com auxílio de um profissional capacitado. Visitar áreas já implantadas, tirar as referências necessárias e se informar com produtores que já desenvolvem a atividade, também são fatores fundamentais e devem ser adotados para composição de cada plano.

Quais os principais erros cometidos em implantações florestais?
A falta de informação é o pior erro que um proprietário pode cometer quando decide implantar uma floresta de eucalipto. Uma das diferenças da cultura do eucalipto para a grande maioria das culturas agrícolas é que seu ciclo longo. Portanto, todos os erros cometidos na fase de implantação, além de prejudicar o resultado econômico da operação, ficarão expostos durante todo período.

Quais produtos comercializáveis resultantes da produção de eucalipto?
O principal produto é a madeira. Há diversas finalidades e diversos mercados que podem ser explorados, tais como: energia (lenha, cavaco ou carvão), processo (celulose, chapas, compensados, e outros produtos), serraria (móveis, paletes, construção), entre outros.

O que os alunos poderão aprender de mais importante neste curso?
O conjunto de informações e variáveis é o mais relevante. Essa composição será uma excelente ferramenta para que cada participante possa: planejar, analisar e implantar sua floresta de eucalipto. Erros básicos e eventuais problemas decorrentes da falta de informação serão, com certeza, minimizados com as informações e os exemplos, ilustrados no conteúdo da programação.

Para saber como planejar e utilizar corretamente essa técnica, clique aqui e se inscreva!

This post was published on 11 de janeiro de 2012

Share

Recent Posts

Uruguai estuda protocolo para incluir gado terminado com grãos na Cota Hilton

Membros do setor privado uruguaio e do Poder Executivo estão estudando a possibilidade de solicitar… Read More

8 de julho de 2020

Produção de grãos no país deve chegar a 251,4 milhões de toneladas impulsionada pela colheita de milho e soja

A produção brasileira de grãos deverá ser de 251,4 milhões de toneladas na safra 2019/2020.… Read More

8 de julho de 2020

Exportação de carne bovina dos EUA atinge em maio menor nível mensal em 10 anos

As exportações de carne bovina e suína dos Estados Unidos caíram em maio, refletindo, em… Read More

8 de julho de 2020

Marfrig lança programa de apoio a pequenos restaurantes

A brasileira Marfrig, segunda maior indústria de carne bovina do mundo, lançou hoje um programa… Read More

8 de julho de 2020

Inmet emite alerta vermelho para chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso vermelho (grande perigo) para acumulado de… Read More

8 de julho de 2020