Técnicos da Secretaria de Agricultura de SP orientam como suplementar a alimentação do gado durante a estiagem
3 de maio de 2021
UE reabre debate sobre organismos geneticamente modificados
3 de maio de 2021

Preço do boi gordo se mantém apesar da pressão dos frigoríficos

Beef cattle in feedlot on farm, brazil

O mercado físico do boi gordo registrou, mais uma vez, estabilidade nos preços da arroba na maioria das praças pecuárias do Brasil.
Mesmo com a pressão de baixa por parte dos frigoríficos, o boi gordo está sendo negociado a R$ 312 a arroba, a vaca a R$ 290 a arroba e a novilha R$ 303 a arroba. Preços brutos e a prazo, segundo dados apurados pela Scot Consultoria.

Embora a oferta de boiadas tenha melhorado nas últimas semanas, o maior conforto nas programações das indústrias frigoríficas reflete, sobretudo, a baixa utilização da capacidade de abate.

No primeiro trimestre de 2021, o preço do boi gordo registrou valorização de 52,04% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Os preços do suíno vivo continuam em alta em todas as regiões acompanhadas pelo Cepea, o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Esalq/USP. O impulso vem do bom ritmo de embarques da proteína e da reação do consumo doméstico.

Fonte: CBN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *