Categories: Giro do Boi

Pecuária eleva PIB do agronegócio e contribui para fortalecimento da economia

Dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq/USP, em parceria com a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil) e com a Fealq (Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz) mostram que a pecuária foi o principal setor a contribuir para a alta do PIB do agronegócio.

Como verificado nos meses anteriores, o desempenho positivo no acumulado de 2019 (de janeiro a agosto) está atrelada ao forte crescimento observado para o setor pecuário, de quase 10%, tendo em vista o resultado negativo, em 1,82%, para o agrícola.

A alta no setor pecuário se deve aos crescimentos registrados para todos os segmentos. Pesquisadores ressaltam, contudo, que o elevado custo de produção também tem marcado a pecuária. Contudo, as cadeias do ramo têm se beneficiado da combinação de aumento na quantidade produzida com alta significativa dos preços.

A elevação nos preços no ramo pecuário, por sua vez, tem sido motivada principalmente pela demanda aquecida por proteína animal no mercado externo, com destaque para o efeito da Peste Suína Africana (PSA).

Já o recuo verificado no ramo agrícola esteve atrelado sobretudo à queda observada dentro da porteira, que, por sua vez, tem tido a renda pressionada por maiores custos de produção e menores preços de importantes culturas, como algodão, café, mandioca, milho e soja.

O atual diretor financeiro e futuro presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Oswaldo Ribeiro, analisa o panorama. “A elevação do PIB, como mostra os estudos, se deu às custas da pecuária, tendo em vista que o setor agrícola experimentou queda de 1,38% nos oito primeiros meses, enquanto que a pecuária passa por um novo ciclo nesse ano, devido à uma conjunção forte de fatores que contribuíram para isso”.

O pecuarista destaca, principalmente, a escassez do produto. “Determinado pelo grande abate de fêmeas e estiagem prolongada, aumento da demanda interna pela melhoria das condições econômicas do país e a crescente demanda externa”.

PIB

Os cálculos realizados pelas instituições apontam crescimento de 0,73% do PIB em agosto, com aumento no acumulado do ano (de janeiro a agosto) de 1,38%.

Fonte: Ascom/Acrimat.

This post was last modified on 25 de novembro de 2019 12:02

Share
Published by
Equipe BeefPoint
Tags: pib

Recent Posts

Por que lucratividade é muito mais importante do que produtividade na sua fazenda?

Por que é tão importante falar de lucratividade versus produtividade? A primeira coisa é: são dados reais! Existem poucos bancos… Read More

28 de janeiro de 2020

Efeito do coronavírus no consumo de carne: “O que está acontecendo não é bom”, diz empresário uruguaio

O surto do coronavírus está alarmando o mundo, especialmente a China e outros países da Ásia, e está causando um… Read More

28 de janeiro de 2020

EUA: Futuros de gado caem em meio a temores de coronavírus

Na sexta-feira, o futuro dos bovinos vivos e para engorda dos EUA atingiu seus preços mais baixos em meses, em… Read More

28 de janeiro de 2020

Fogo na Austrália e peste suína africana devem favorecer carne brasileira

Os incêndios na Austrália afetam a produção de carnes no país, o que deve abrir espaço para novo salto de… Read More

28 de janeiro de 2020

Mapa faz esclarecimentos sobre coronavírus

Diante da emergência do vírus identificado na China em dezembro de 2019 – Coronavírus e já detectado em vários países,… Read More

28 de janeiro de 2020

Serviço de Inspeção Federal completa 105 anos

Responsável por assegurar a qualidade de produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis, destinados ao mercado interno e externo,… Read More

28 de janeiro de 2020

Assista Aula Grátis "As 7 Estratégias do Lucro em Fazendas"

Quero Assistir