Categories: Pastagens

O que fazer com as pastagens degradadas?

A degradação de pastagens é apontada como um dos grandes problemas da agropecuária nacional. Dias Filho (2007) define a pastagem degradada como sendo uma “área com acentuada diminuição da produtividade agrícola ideal (diminuição da capacidade de suporte ideal), podendo ou não ter perdido a capacidade de manter produtividade biológica (acumular biomassa) significativa” (Figura 1). De acordo com este conceito, diferentes processos podem levar à degradação do pasto. O processo de degradação agrícola se dá em área cujo solo apresenta bom potencial produtivo e onde há uma forte pressão pela regeneração da vegetação existente na área antes da implantação do pasto (ex: pastagens mal formadas). Já a degradação biológica ocorre onde solo apresenta algum problema de ordem física, química ou biológica que restringe o desenvolvimento da planta forrageira.

Figura 1. Representação simplificada do conceito de pastagem degradada.
Fonte: Dias Filho (2007).


A escolha entre reformar ou recuperar o pasto ainda levanta muitas dúvidas. Dentre os fatores que devem ser considerados no processo de tomada de decisão estão o custo de cada uma das alternativas e o tempo que levará para que o pecuarista volte a ter um pasto produtivo. A Tabela 1 mostra o custo médio da reforma (preparo do solo e plantio do capim) e da recuperação de pastagens com diferentes níveis de infestação por plantas invasoras. De acordo com esta estimativa, em situações de elevada infestação por plantas invasoras, pode ser mais interessante reformar o pasto que tentar recuperá-lo. Por outro lado, nas áreas com ausência de invasoras ou com nível média de infestação a recuperação, quando possível, é mais interessante. É importante ressaltar, no entanto, que para o cálculo dos custos apresentados na Tabela 1 foram assumidos valores médios e que estes devem ser adaptados às condições reais da propriedade.

Tabela 1. Custo de reforma e recuperação de pastagens degradadas.


Referência Bibliográfica

Dias Filho, M.B. Degradação de pastagens: processo, causas e
estratégias de recuperação. 3ed. 190p. 2007.

This post was published on 1 de julho de 2008

Share

Recent Posts

Rafael Tardáguila: Oferta de carne deve se adequar à menor demanda

A demanda por carne bovina cairá devido à recessão global, mas a oferta está se… Read More

29 de maio de 2020

Covid-19 infectou mais de 3 mil funcionários de frigoríficos nos EUA, diz sindicato

Mais de 3 mil funcionários de frigoríficos dos Estados Unidos testaram positivo para Covid-19 e… Read More

29 de maio de 2020

Carne bovina: mercado interno continua incerto e exportações seguem firmes

Com a baixa de oferta de animais, algumas indústrias estão oferecendo mais pela arroba do… Read More

29 de maio de 2020

Produção de carne bovina deve cair, diz Rabobank

O mais novo relatório do Rabobank indicou que a produção de carne bovina brasileira deve… Read More

29 de maio de 2020

Boi gordo: China pede renegociação à exportadoras de carne

A retração da procura pelas principais proteínas animais no mercado atacadista de São Paulo foi… Read More

29 de maio de 2020

JBS vai pedir aval do governo de SC para sacrificar 650 mil frangos

A JBS vai protocolar na Secretaria de Agricultura e no órgão ambiental de Santa Catarina… Read More

29 de maio de 2020