Categories: Giro do Boi

No Brasil,maioria das fortunas nasceu de negócio familiar

Na lista dos mais ricos do Brasil, a maioria das fortunas foi criada a partir de negócios iniciados na família, não diretamente fundados por eles – mas que, na maioria dos casos, os hoje bilionários, tornaram grandes.

Dos 45 nomes compilados na mais recente lista elaborada pela “Forbes” – publicada no começo de abril – 23, ou 51%, se encaixam nesse perfil. É o caso, por exemplo, dos irmãos Joesley e Wesley Batista (com fortunas de US$ 2,1 bilhões cada), que transformaram o açougue fundado pelo pai na cidade de Anápolis (GO) em um dos maiores processadores de carne do mundo. Joseph Safra, banqueiro mais rico do mundo, e ocupando a posição 39 entre os bilionários globais, com uma fortuna de US$ 19,9 bilhões, é descendente de uma família de banqueiros sírios.

Entre os bilionários que fundaram seus próprios negócios estão nomes como Jorge Paulo Lemann – segundo brasileiro mais rico, e 129ª fortuna do mundo, estimada em US$ 10,4 bilhões – e seus sócios Marcel Telles e Beto Sicupira, com patrimônios de US$ 6,5 bilhões e US$ 4,8 bilhões, respectivamente.

As fortunas dos bilionários brasileiros variam de US$ 19,9 bilhões (Joseph Safra) a US$ 1,1 bilhão (Franco Bittar Garcia, neto de Luiza Trajano Donato e Pelegrino José Donato, fundadores do Magazine Luiza e mais novo da lista, com 36 anos). O número de bilionários no país caiu em relação ao ranking do ano passado, quando foram registrados 58 nomes – o recorde foi registrado em 2014, com 65.

Os setores de atuação dos bilionários são variados, incluindo finanças, saúde, cosméticos, calçados, varejo e tecnologia (Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, com US$ 8,4 bilhões, e Luis Frias, filho do fundador da “Folha de S. Paulo”, e presidente do conselho do PagSeguro, com US$ 1,4 bilhão).

A fortuna conjunta dos bilionários variou negativamente em um ano, saindo de US$ 179,7 bilhões para US$ 127,1 bilhões. Não que eles tenham, necessariamente, ficado mais pobres. Na verdade, foi a valorização do dólar, que saiu de um patamar inferior a R$ 4 para perto de R$ 6.

A lista global de bilionários da Forbes tem 2.045 nomes, 58 a menos que no ano passado. Juntos, eles valem US$ 8 trilhões, US$ 700 milhões abaixo de 2019. Jeff Bezos, da Amazon, lidera, com US$ 113 bilhões.

Fonte: Valor Econômico.

This post was published on 26 de maio de 2020

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Uruguai estuda protocolo para incluir gado terminado com grãos na Cota Hilton

Membros do setor privado uruguaio e do Poder Executivo estão estudando a possibilidade de solicitar… Read More

8 de julho de 2020

Produção de grãos no país deve chegar a 251,4 milhões de toneladas impulsionada pela colheita de milho e soja

A produção brasileira de grãos deverá ser de 251,4 milhões de toneladas na safra 2019/2020.… Read More

8 de julho de 2020

Exportação de carne bovina dos EUA atinge em maio menor nível mensal em 10 anos

As exportações de carne bovina e suína dos Estados Unidos caíram em maio, refletindo, em… Read More

8 de julho de 2020

Marfrig lança programa de apoio a pequenos restaurantes

A brasileira Marfrig, segunda maior indústria de carne bovina do mundo, lançou hoje um programa… Read More

8 de julho de 2020

Inmet emite alerta vermelho para chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso vermelho (grande perigo) para acumulado de… Read More

8 de julho de 2020