Na Argentina, Fernando Schwanke reafirma importância das cooperativas

Em viagem oficial à Argentina, o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo, Fernando Schwanke, representando a ministra Tereza Cristina, participou nesta terça-feira (12) da Reunião Especializada de Cooperativas do Mercosul para debater estratégias conjuntas e ampliar a atuação do setor nos mercados.

Durante o encontro realizado na capital Buenos Aires, Schwanke falou sobre a importância das cooperativas do Brasil no Mercosul e do poder dessas sociedades no fortalecimento dos pequenos e médios produtores do país. “Alinhar a agricultura familiar ao cooperativismo é uma questão de estratégia e desenvolvimento setorial. Um agrega ao outro”, disse.

O titular da pasta destacou que o governo brasileiro apoia o cooperativismo e acredita no seu papel efetivo na economia social do país. “É uma determinação da ministra Tereza Cristina que trabalhemos ações focadas nas cooperativas utilizando essa forma de associativismo para fortalecer também o pequeno agricultor”.

Na oportunidade, Fernando Schwanke, junto a gerente de Relações Institucionais da Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Fabíola Motta, e ao diretor de Cooperativismo do Mapa, Márcio Madalena, entregou o documento “Propostas para um Brasil Mais Cooperativo” nas mãos do presidente da Aliança Cooperativa Internacional, Ariel Guardo. O material elaborado pela OCB será utilizado pela Secretaria de Agricultura Familiar na construção do Plano Cooperativo Nacional.

A Reunião Especializada de Cooperativas do Mercosul contou com a participação do presidente do Instituto Nacional de Associativismo e Economia Social, Marcelo Collomb, além de representantes do Chile, Uruguai e Paraguai.

Fonte: Mapa.


ou utilize o Facebook para comentar