MT: abate registra recuo de 10% em junho, com aumento da participação de fêmeas

Após atingir o número de 424,5 mil cabeças no mês de maio, o abate total de bovinos no Estado de Mato Grosso registrou uma diminuição de 10% no mês de junho, contabilizando 381,8 mil cabeças segundo dados do Indea.

Apesar da queda de 7% no número absoluto de fêmeas abatidas, que passou de 214,0 mil cabeças para 199 mil cabeças, a participação de vacas no abate passou de 50,4% em maio para 52,1% em junho. Essa é a maior participação de fêmeas desde maio de 2006, quando as vacas representaram 52,5% dos animais abatidos.

Com o encerramento do primeiro semestre de 2011, verificou-se um aumento de 2,1% em relação ao primeiro semestre de 2010, sobretudo, graças ao aumento de 38,4% no abate de fêmeas, já que o número de machos destinados ao abate registrou recuo de 18,9%. Os frigoríficos optaram por uma maior participação das escalas devido à maior facilidade de encontrar esses animais no mercado. Essa maior oferta de fêmeas para descarte em 2011 fez o spread entre a cotação dos dois animais passar de 7,9% em junho de 2010 para 11% em junho deste ano.

As informações são da Agência Safras, resumidas e adaptadas pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar