Confira os apetitosos sanduíches que você encontra na 2ª edição do Sanduweek – SP [Fotos e indicações de onde e como se deliciar!]
18 de fevereiro de 2014
Chile: importação de carne bovina aumentou 15% em 2013
18 de fevereiro de 2014

MT: abate em jan-14 foi segundo maior já registrado, alta de 17% em relação a dez-13 [IMEA]

Oferta e demanda

Com as informações cedidas pelo Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT) foi constatado o segundo maior volume de abate de bovinos no estado. Deste modo, em janeiro/14 foram enviadas ao gancho 559,15 mil cabeças de bovinos, uma alta de 17,01% em relação ao volume abatido em dezembro/13 (477,89 mil cabeças).

Na comparação com o recorde (563 mil cabeças), registrado em julho/13, o volume do primeiro mês de 2014 é apenas 0,68% menor. Outro dado importante, já esperado pelo Imea e pelo mercado em geral, foi a diminuição relativa do envio de fêmeas ao gancho. Para
se ter uma ideia, no mesmo período de 2013 a escala de abate da indústria frigorífica foi preenchida com 52,50% de fêmeas bovinas, já em janeiro/14 essa ocupação das fêmeas na linha de matança dos frigoríficos foi de 46,10%, ou seja, uma queda de 6,40 pontos percentuais na comparação anual.

Captura de Tela 2014-02-18 às 11.40.20

 

Preços da semana

A arroba do boi gordo no estado do Mato Grosso registrou mais uma semana de preços valorizados. Assim, a média semanal foi de R$ 99,67/@, obtendo uma valorização de 1,63% em relação à média de preços da semana anterior. A arroba da vaca gorda apresentou uma variação positiva de 2,05%, com preços variando de R$ 90,26 na semana anterior para os atuais R$ 92,11.

Captura de Tela 2014-02-18 às 11.40.51

 

Noroeste: com a maior variação positiva de todas as macrorregiões do estado (2,23%), a região registrou um preço referência de R$ 97,43/@ na atual semana.

Norte: os ganhos foram positivos para o “nortão” do estado (1,69%). Assim, os preços saíram de R$ 95,66/@ na semana passada para os atuais R$ 97,28/@.

Nordeste: o preço médio referência para a semana atual foi de R$ 97,79/@, uma alta de 1,64% em relação à média do preço referência da semana anterior( R$ 96,21/@).

Médio-Norte: atualmente é encontrado o quarto melhor preço do boi gordo nessa região (R$ 97,90/@). Na semana a alta acumulada foi de 1,80%.

Oeste: com variação positiva semanal de 1,56% a região teve o preço da arroba do boi gordo cotado em R$ 101,95. No município de Araputanga o preço cotado foi de R$ 103,75/@, sendo este um dos preços mais valorizados desta região.

Centro-Sul: a macrorregião terminou a semana cotada a R$ 102,10 na arroba do boi gordo, sendo a melhor média de preços no estado de Mato Grosso. Na semana anterior a região apresentou o preço médio de R$ 100,44/@, este preço é 1,66% menor que o da semana atual.

Sudeste: o preço da arroba do boi gordo em Barra do Garças encerrou a semana em R$ 101,00. Segundo os preços de referência do Imea a região fechou a semana cotada a R$102,08/@, apresentando uma valorização de 1,14% na comparação semanal.

Captura de Tela 2014-02-18 às 11.43.08

 

Reposição

Com os dados fornecidos pelo Indea, pode-se observar que a demanda por fêmeas jovens para engorda vem aumentando ao longo dos anos. Observe como os patamares de emissão das GTAs com a finalidade de engorda das fêmeas jovens cresceram desde 1T09, acumulando alta de 80,46% do trimestre citado para o 4T13.

Sabe-se que o descompasso entre oferta e demanda eleva ou baixa os preços e, neste caso, nota-se que a pressão compradora está maior ao longo da série, justificando altas nos preços da novilha de 18 meses.

Captura de Tela 2014-02-18 às 11.47.59

Relação de troca

O poder de compra do bovinocultor de corte que necessitou utilizar ivermectina para fazer o controle de parasitas aumentou consideravelmente. A cotação média da arroba do boi gordo em dezembro/12 foi de R$ 85,41, já em dezembro/13 esta foi cotada a R$ 94,96/@, variação positiva de 11,18%. A ivermectina também obteve valorização positiva (3,78%) na comparação anual, despontou de R$ 250,81/l em dezembro/12 para R$ 260,28/l em dezembro/13.

Baseado nesta análise percebe-se um aumento no poder de compra do bovinocultor de corte, já que em dezembro/12 este necessitava de 2,94 arrobas para comprar um litro de Ivermectina, já em dezembro/13 a relação foi de 2,74 arrobas para adquirir a mesma quantidade do produto. Essa relação de troca foi a menor da série histórica de insumos do Imea.

Captura de Tela 2014-02-18 às 11.49.58

 

Mercado futuro em SP

O mercado futuro do boi gordo ainda sofre reflexos do mercado físico em São Paulo. Assim, o clima seco, que tem piorado a qualidade dos pastos e, consequentemente, prejudicado a oferta de bois terminados à indústria frigorífica, deve sustentar os preços do mercado físico.

Já o contrato futuro do  boi gordo para o vencimento de fevereiro/14, mesmo com o ajuste negativo do pregão de sexta-feira (14/02), deve continuar a tendência de alta. Além disso, o teto de R$ 120,00/@ na bolsa é uma realidade e, realmente, pode ser ultrapassado nos próximos pregões. De qualquer maneira as atenções agora estão voltadas para as previsões climáticas no Centro-Sul do Brasil e, caso ocorram chuvas, para a melhora dos pastos e também da oferta de boiadas prontas para o abate.

Captura de Tela 2014-02-18 às 11.51.51

Exportação de carne bovina do MT

Segundo os dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) o Brasil exportou 145,06 mil TEC em janeiro/14. O resultado é 6,12% menor que o total embarcado em dezembro/13 (154,52 mil TEC), entretanto é um volume 12,88% maior que o total exportado no mesmo mês de 2013 (128,50 mil TEC).

Quando são analisados os quatro principais estados exportadores de carne bovina do Brasil (São Paulo, Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul), constata-se uma redução média de 13,91%. O resultado negativo foi puxado, principalmente, pelas reduções do volume exportado por Mato Grosso (12,51%) e Mato Grosso do Sul (22,09%) no primeiro mês do ano de 2014. Por outro lado, o estado de Goiás elevou seus embarques em 16,21% de dezembro/13 para janeiro/14. Por fim, o estado mais importante para as exportações de carne bovina, São Paulo, apresentou uma alta de 4,48% no mesmo período de análise.

Captura de Tela 2014-02-18 às 11.53.27

Fonte: IMEA, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Os comentários estão encerrados.