Categories: Giro do Boi

Minerva cria fundo de R$ 30 milhões para apoiar clientes

A Minerva Foods, terceira maior indústria de carne bovina do país, lançará em breve um fundo de cerca R$ 30 milhões para apoiar clientes do pequeno e médio varejo no Brasil e, com isso, ajudá-los a atravessar a crise. Trata-e do primeiro fundo de alívio (“relief fund”) com foco na cadeia produtiva de carne.

Com recursos próprios, a Minerva vai atender 1,2 mil clientes selecionados a partir do relacionamento que possuem com o grupo. A companhia disponibilizará até R$ 30 mil em crédito para capital de giro. O montante não está atrelado à compra de carne.

De acordo com o diretor financeiro da Minerva, Edison Ticle, os recursos serão emprestados com até um ano de prazo de carência, e poderão ser pagos em 12 parcelas mensais. As taxas de juros ainda não estão definidas, mas serão abaixo das taxas de mercado, disse o executivo. “Não é um investimento para ganhar dinheiro”, afirmou Ticle, ressaltando a importância de preservar a saúde financeira dos clientes no país.

A Minerva conta com o apoio do BTG Pactual. O banco estruturará o Fundo de Investimentos em Direito Creditório (FDIC) pelo qual a companhia de carne bovina viabilizará o apoio aos clientes. O fundo deve entrar em operação dentro de um mês, acrescentou Ticle. Todo o processo de contratação de crédito pelos clientes será realizado de forma digital, agilizando o processo.

Com faturamento anual superior a R$ 18 bilhões, a companhia obtém cerca de 30% das vendas nos mercados internos nos quais atua – além do Brasil, a Minerva possui unidades na Argentina, Uruguai, Paraguai e Colômbia. O grupo lidera a produção de carne bovina argentina, e é um dos principais exportadores da América do Sul.

No mercado brasileiro, a Minerva tem mais de 50 mil clientes, e o Estado de São Paulo concentra 49% da receita no país, conforme apresentação feita pela empresa a investidores no fim do ano passado. À época, pequeno e médio varejo eram responsáveis por 44% das vendas no Brasil, e o food service representava 53%. No segmento de alimentação fora do lar, que vem sofrendo com os desafios do distanciamento social, os restaurantes buffet significavam 67%.

As vendas da Minerva no Brasil não se restringem à carne bovina. A companhia, que trabalha com o conceito de “one stop shop”, também vende itens produzidos por terceiros, como batatas, peixes, queijos e outros tipos de alimentos.

No Brasil, reafirmou Ticle, fundos de apoio para pequenas e médias empresa já haviam sido lançados, mas nenhum deles tinha foco setorial. Uma das iniciativas conhecidas de foco geral é a “Estímulo 2020”, que foi idealizada por Eduardo Mufarrej e que recebeu doações de grandes empresários, como Abilio Diniz, Marina Feffer e Pedro Faria, entre outros. A iniciativa visa a distribuir R$ 100 milhões em crédito, com juros baixos (4% ao ano) e, com a ajuda, salvar mais de 18 mil empregos.

Antes de criar o fundo de apoio a clientes, a Minerva já havia feito doações para ajudar as comunidades onde atua para combater a covid-19. Ao todo, a companhia doou o equivalente a R$ 10 milhões.

Fonte: Valor Econômico.

This post was published on 22 de maio de 2020

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

CEPEA: Preço interno segue operando na máxima nominal

A baixa oferta de animais para abate mantém os preços diários da arroba operando nas… Read More

17 de setembro de 2020

Pecuaristas e industriais paraguaios avançam para criar o instituto da carne

Os pecuaristas e industriais do Paraguai, após um longo período, voltaram a reunir-se com o… Read More

17 de setembro de 2020

Coalizão entre agronegócio e ONGs propõe ao governo ações contra desmatamento

Uma coalizão formada por 230 representantes do agronegócio, de entidades não-governamentais (ONGs) e outros setores… Read More

17 de setembro de 2020

Arroba segue firme, mesmo com consumidor retraído

Nesta terça-feira, o mercado físico do boi gordo operou com maior cautela e foi marcado… Read More

17 de setembro de 2020

CNA: reforma tributária isenta 80% dos produtores do País

O presidente do Instituto CNA, da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Roberto… Read More

17 de setembro de 2020

Rabobank aponta novas oportunidades para proteína animal na China no pós Covid-19 e PSA

O mercado de proteína animal na China tem experimentado grande volatilidade nos últimos anos. Conforme… Read More

17 de setembro de 2020