Millennials mostram padrões antigos e novos na preparação de alimentos

À medida que os Millennials envelhecem – casando, tornando-se pais – estão exibindo comportamentos tradicionais e novos quando se trata de planejar jantares em casa, de acordo com um novo relatório do NPD Group.

Os millennials que já foram referidos como um grupo geracional único e de grande porte estão demonstrando comportamentos semelhantes às gerações mais velhas no mesmo estágio da vida nos comportamentos de planejamento do jantar, descobriu a NPD.

Por exemplo, os pais com filhos em casa investem mais tempo preparando e cozinhando jantares em casa, independentemente da categoria demográfica, diz o relatório. A maioria das pessoas passa de 10 a 59 minutos preparando e cozinhando um jantar em família. Prevê-se que estes tipos de jantares investidos cresçam ao longo dos próximos cinco anos, de acordo com o recente estudo do Future of Dinner do NPD.

A NPD descobriu que os millennials também aparentemente acreditam que, desde que desempenhem algum papel no processo de preparação das refeições, eles “fazem a refeição”. Isso é diferente da geração X, que reconhece a diferença entre refeições caseiras e parcialmente preparadas, observou o estudo.

O estudo da NPD também reconheceu que, à medida que as pessoas da geração X envelhecem, planejam seus jantares em um comportamento semelhante visto nos millennials e em outras gerações, à medida que também atingiram a idade adulta jovem.

Os pais da geração X daGeração Z – aqueles nascidos depois de 1996 e um grupo maior do que os Millennials – ensinaram aos filhos como a comida se encaixa em uma vida bem vivida. Essas lições estabelecem expectativas para a geração Z de que as marcas de alimentos devem seguir suas necessidades, e não o contrário, relatou a NPD.

Fonte: MeatingPlace.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar