Millennials impulsionam crescimento de compra de carne fresca nos EUA: estudo

Os compradores estão comprando mais carne fresca em comparação com um ano atrás, liderados pelos Millennials, que estão comprando mais do que todas as outras gerações juntas, segundo um estudo da Acosta, empresa de vendas e marketing do setor de bens de consumo embalados.

No geral, 18% dos compradores estão comprando mais carne fresca do que no ano passado, enquanto 12% estão comprando menos, principalmente devido ao preço e se esforçando para se alimentar de forma mais saudável, segundo o relatório. A carne bovina e o frango dominam, representando 70% de toda a carne fresca vendida. O estudo também descobriu que as vendas de carne natural/orgânica estão superando as opções convencionais.

Entre os Millennials, as compras de carne fresca aumentaram 41% em relação ao ano passado.

Oitenta e um por cento dos Millennials, 74 por cento dos Gen X e 66 por cento dos Boomers disseram que o conteúdo de proteína é extremamente ou muito influente ao fazer compras de alimentos. O estudo mostrou que as gerações veem as proteínas de maneira diferente, com os consumidores mais velhos mais preocupados com os benefícios para a saúde das proteínas, e as gerações mais jovens preocupados com os efeitos na recuperação após exercícios físicos e com a possibilidade de se sentirem saciados.

“Nossa pesquisa mostra que a proteína continua sendo a base das cestass de compras, mas o tipo de proteína que os compradores estão comprando está evoluindo”, disse Colin Stewart, vice-presidente sênior de insights da Acosta.

“As vendas de carne alternativas à base de vegetais estão crescendo e são populares entre os vegetarianos e comedores de carne. Outra tendência que estamos vendo com proteínas é que os compradores estão prestando mais atenção aos rótulos e às declarações de produtos, mas estão confusos sobre o que eles significam.”

Entre as descobertas: as alternativas da carne à base de plantas cresceram 11% em unidades ano após ano, e 71% dos compradores que compram alternativas vegetais também comem carne.

Consumidores de carne, especialmente Millennials, estão interessados em dietas alternativas que são menos focadas em carnes ou não contêm carne misturada. Vinte e seis por cento dos Millennials já são vegetarianos/veganos, e 34% dos Millennials que comem carne comem quatro ou mais refeições vegetarianas a cada semana.

Os Millennials foram os que tiveram mais confusão sobre os rótulos, com 58% com algum nível de confusão. A Gen X é a geração mais informada de compradores.

Fonte: MeatingPlace.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar