Categories: Giro do Boi

MDIC: exportação de carne bovina avança em fevereiro

As exportações de carne bovina cresceram tanto em quantidade quanto em faturamento em fevereiro, na comparação com igual mês do ano passado, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, 1º de março, pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). Já os embarques das proteínas de frango e suína recuaram na mesma base de comparação. Em relação a janeiro passado, todos os segmentos tiveram desempenho negativo.

Em carne bovina in natura, foram exportadas 98,1 mil toneladas, 24% mais ante as 79,28 mil toneladas de fevereiro do ano passado e leve queda de 1,4% ante as 99,5 mil toneladas embarcadas em janeiro último.

A receita somou US$ 392,5 milhões, 21% maior do que os US$ 325,963 milhões obtidos em fevereiro de 2017 e queda de 7,8% ante os US$ 452,8 milhões de janeiro.

O preço médio pago pela tonelada, por sua vez, caiu 2,7% ante fevereiro de 2017, para US$ 4.000, e ficou 6,5% abaixo em relação à média de janeiro.

Os embarques de carne de frango in natura somaram 288,9 mil toneladas, 4% menos ante fevereiro de 2017, quando foram embarcadas 301 mil toneladas. Na comparação com janeiro, quando foram exportadas 305,4 mil toneladas, a queda foi de 5,4%.

O faturamento atingiu US$ 447,8 milhões, 11% abaixo dos US$ 501,8 milhões registrados em igual período de 2017 e queda de 3,8% em relação a receita de US$ 465,7 milhões de janeiro.

O preço médio da tonelada embarcada, de US$ 1.550,30, ficou 1,7% acima ante o registrado no mês passado, mas 7% menor em comparação com igual mês de 2017.

Já as vendas externas de carne suína in natura totalizaram 35,7 mil toneladas, 19% abaixo das 44,1 mil toneladas embarcadas em fevereiro de 2017 e 21,1% abaixo ante as 45,3 mil toneladas de janeiro.

A receita somou US$ 76,9 milhões, queda de 25% ante o registrado em igual mês do ano passado (US$ 102,5 milhões) e de 21% ante janeiro (US$ 97,5 milhões).

No mês passado, o preço médio da tonelada ficou em US$ 2.152, em linha com o registro de janeiro e queda de 7,4% ante fevereiro de 2016.

Acumulado

Nos dois primeiros meses de 2018, as vendas de carne bovina totalizaram 197,6 mil toneladas, ante 166,433 mil toneladas em igual período do ano passado (+18,7%). Já o faturamento ficou em US$ 818,3 milhões este ano, valor 20,6% maior que os US$ 678,458 milhões obtidos entre janeiro e fevereiro de 2017.

Sobre as vendas externas de carne de frango in natura, houve queda de 5% no volume acumulado até fevereiro, no comparativo anual, para 594,3 mil t (ante 626,359 mil t). Em faturamento, o recuo foi de 11%, de US$ 1,026 bilhão para US$ 913,5 milhões.

Também no acumulado do ano, as exportações de carne suína in natura recuaram 23,25%, atingindo US$ 174,4 milhões ante US$ 227,232 milhões em 2017. Em volume, a queda foi de 18%, passando de 98,65 mil toneladas para 81 mil toneladas.

Fonte: Estadão.

This post was published on 2 de março de 2018

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Chegou a sua chance de mudar o jogo da fazenda

Se você quer… 📍 Ter uma fazenda com mais lucro, satisfação, reconhecimento com mais harmonia.… Read More

5 de março de 2021

Uruguai: INAC considera exportar para países do Sudeste Asiático

O Instituto Nacional de Carnes (INAC) do Uruguai está explorando a possibilidade de facilitar exportações… Read More

5 de março de 2021

Senador dos EUA proporá lei que impede importação de commodities associadas a desmatamento

Os Estados Unidos deverão discutir em breve um projeto de lei para impedir que o… Read More

5 de março de 2021

Votação na Suíça pode definir peso de exigências ambientais

Pela primeira vez os suíços vão votar sobre um acordo comercial. A consulta popular a… Read More

5 de março de 2021

Rastrear fornecedores indiretos de gado demanda ‘várias engrenagens’, diz membro do comitê de sustentabilidade da Marfrig

O rastreamento dos fornecedores indiretos de gado dos frigoríficos para zerar o desmatamento nessa parcela… Read More

5 de março de 2021

Nova cepa de peste suína africana na China preocupa analistas

Uma nova cepa do vírus causador da peste suína africana (ASF) identificada na China tem… Read More

5 de março de 2021