Conheça o confinamento Luckey Custom Feedlot, no Texas

O BeefPoint está organizando uma viagem técnica para o Texas, que ocorrerá de 17 a 25 de agostoClique aqui para conhecer o roteiro completo.

Um dos locais que faz parte do roteiro é o confinamento Luckey Custom Feedlot.

O Luckey Custom Feedlot, Inc. foi fundado em 1982, com sua localização original na Highway 90 e Cagnon Road, e logo depois foi realocada para a 2242 Farm to Market 3176, em Devine, Texas.

“Nosso objetivo é fornecer aos nossos clientes a mais alta qualidade de serviço e ingredientes de alimentação para garantir o maior retorno sobre o gado.”

O confinamento engorda gado de fazendeiros em todo os EUA (Texas, Califórnia, Arizona, Novo México, Louisiana, Oklahoma, Mississippi, Kentucky, Flórida) e alguns do México. “Nossa capacidade é de 22.500 e somos 100% de confinamento personalizado; nós não temos um casco neste lugar ”, disse Colby Rodarte, Gerente Geral do confinamento.

“Somos credenciados pelo Beef Quality Assurance , através da Texas Cattle Feeders Association. Eles vêm uma vez por ano por cerca de 5 ou 6 horas para auditar nossos livros, ver de onde vem nossa ração, e se estamos pegando amostras de ração e fazendo análises. Eles inspecionam a água e nossas análises de água do poço, etc. Eles inspecionam o confinamento, observando as condições das instalações, os bebedouros (e se estão sendo limpos), cercas e calhas de processamento, verificando problemas de segurança, etc. ”disse Rodarte.

=========

Estamos fazendo uma seleção para reunir um grupo incrível de pessoas para essa Viagem Técnica.

==> LINK: http://www.beefpoint.com.br/viagemtexas

=========

Dr. Dan Stafford é o veterinário de confinamento. “Trabalhamos com ele há mais de 10 anos. Ele vem uma vez por mês, mas está sempre disponível se precisarmos dele para uma necrópsia ou nos ajudar com o diagnóstico se tivermos algo que eu nunca vi antes. Os novos iPhones são uma ótima ferramenta; podemos tirar uma foto do que precisamos mostrar e mandar a foto para ele ”, diz Rodarte.

O gado vem de uma grande variedade de origens e chega em vários tamanhos e condições. “Os menores que recebemos são de três pesos (desmamados cedo, gado jovem) e também engordamos algumas bezerras Holandesas. Nós alimentamos tudo o que nossos clientes nos enviam e eles têm um papel em tudo que é feito. Os clientes podem ligar e informar que têm uma carga de gado para enviar e projetaremos uma data de saída para eles. Trabalhamos com os mercado de futuros para ver se haverá lucro nesses animais. Projetamos custos com ração, custos com remédios, etc., para dar ao cliente um cenário do que será ”, diz ele.

“Depende muito de onde eles estão vindo. O gado de mais longe precisa de pelo menos 24 horas de descanso quando chegar aqui, antes de fazermos qualquer coisa com eles. Eles têm muito estresse por trás deles ”, disse Rodarte.

“Dependendo de onde eles vêm, o proprietário normalmente nos deu informações sobre sua história. Pode ser a safra de bezerro daquele ano e eles foram desmamados por 45 dias, e o dono nos informa o protocolo de vacinação deles. Conhecer a história e as vacinas que eles tiveram ajuda com o planejamento”.

“Um cliente pode nos dizer que acabou de juntar esses animais em um galpão de venda e ele comprou há uma semana e eles estão comendo feno ou um pouco de proteína e, assim que recebe um caminhão, ele os envia para nós.” Ele explica que o importante é saber como os animais chegam ao confinamento.

“Idealmente, gostaríamos que grupos de bois ou novilhas já fossem pré-condicionados. Eles se alimentam muito bem, com pouquíssimos problemas de saúde ”, acrescenta.

As instalações neste confinamento são muito fáceis de usar e seguras, e há sempre alimentos frescos e água limpa. As calhas de processamento são seguras e fáceis de trabalhar o gado com muito pouco estresse.

“Quando o gado chega, nós os classificamos como animais de alto risco ou risco baixo a moderado, e estes têm diferentes protocolos de processamento. No gado de alto risco, administramos um vermífugo injetável e, ao mesmo tempo, uma poção de vermífugo, para garantir que todos os parasitas internos sejam eliminados. Nós damos a cada animal um identificador. Os animais em uma determinada baia têm o mesmo número de lote, mas também um número de identificação individual ”.

O Luckey Custom Feedlot sente que tem uma grande equipe de pessoas que fazem o trabalho, e seu objetivo é oferecer aos clientes a mais alta qualidade de serviço e ingredientes de alimentos para garantir o maior retorno sobre seu gado.

Confira algumas fotos do confinamento:

Ficou interessado em visitar esse incrível confinamento? Aproveite que estamos fazendo uma seleção para reunir um grupo incrível de pessoas para essa Viagem Técnica.

==> LINK: http://www.beefpoint.com.br/viagemtexas

Fonte: Working Ranch Magazine e
Luckey Custom Feedlot, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar