Lideranças jovens e ministra debatem soluções para o agronegócio do Brasil

Lideranças jovens da agropecuária de todo o Brasil conversaram nesta sexta-feira (5) com a ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) sobre os desafios do setor no país. Após o evento, a ministra afirmou que a juventude representa a “renovação do agronegócio brasileiro”.

A reunião fez parte do 4º encontro do programa CNA Jovem. Ao todo, 61 candidatos de 21 estados participam da iniciativa que tem como objetivo formar e preparar lideranças para o campo brasileiro. Tereza Cristina classificou a inciativa como “importantíssima”, pois os jovens vão mostrar “o que o agro tem de bom, o que agro pode trazer de modernidade, principalmente nesse novo tempo que o Brasil vai viver daqui para a frente”.

Para incentivá-los, ela lembrou que iniciou a atuação na área pública após fazer um curso de liderança rural em Mato Grosso. “Nós éramos muito fechados, sempre pensávamos da porteira para dentro, mas a gente não tinha o preparo e o traquejo para tratar da porteira para fora”, contou antes de concluir que “isso (o curso) foi muito bom e me trouxe essa bagagem para ser secretária de estado e depois deputada”.

Um dos participantes perguntou à ministra quais devem ser as principais prioridades das novas lideranças que quere contribuir com a agricultura brasileira. A ministra destacou que o país já superou problemas como a febre aftosa e o mercado restrito e que hoje a mudança tecnológica exige que o Brasil agregue “mais valor aos nossos produtos de exportação, melhorar a agregação de valor aqui também aqui dentro, fazendo coisas, por exemplo, para aprimorar a agricultura familiar”.

Prêmio

Neste fim de semana, ocorre a última etapa do programa com a divulgação dos vencedores. Para a participante Juliana Alves, da Paraíba, o projeto é uma oportunidade única para expandir os conhecimentos. “O agronegócio brasileiro vive um excelente momento e é ótimo a gente se integrar e poder contribuir com ele”, disse.

Para receber o prêmio do programa, os jovens precisam apresentar propostas para seis desafios do setor. Aqueles com as três melhores propostas individuais ganham uma viagem para o Vale do Silício, nos Estados Unidos, em Novembro. Já o grupo vencedor participa do Congresso Internacional de Lideranças Jovens do Agro, em outubro, em São Paulo.

Fonte: Mapa.


ou utilize o Facebook para comentar