Categories: Giro do Boi

Justiça autoriza retomada parcial de unidade da JBS em Passo Fundo por quatro dias

A desembargadora Vania Cunha Mattos, do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (1ª SDI), determinou, na tarde de sexta-feira, a retomada parcial do funcionamento dos setores de expedição e paletização do abatedouro de carne de frango da JBS em Passo Fundo (RS) por quatro dias. A decisão atende reivindicação da empresa e tem como objetivo evitar que 1,5 mil toneladas de produtos que estavam prontos para expedição estragassem, bem como outras 700 toneladas de
alimentos que se encontravam no túnel de congelamento pudessem ser
preparados para expedição.

A unidade está interditada desde a última quinta-feira por decisão do Decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS) e deverá permanecer assim até que a JBS comprove a adoção das medidas de proteção determinadas pelos auditores do trabalho para evitar novos casos de covid-19 entre os funcionários.

Dos 260 empregados que atuam na unidade de abate de 80 funcionários foram autorizados a manter as atividades nestes dois setores pelo período determinado, desde que estejam assintomáticos.

Ontem, o Ministério da Agricultura suspendeu a autorização para que a carne de frango produzida na unidade de Passo Fundo da JBS no seja exportada à China. Trata-se do segundo frigorífico brasileiro a ter a cobiçada licença retirada por causa de casos de covid-19 entre trabalhadores. No início da semana, o abatedouro de bovinos do mato-grossense Agra também foi suspenso.

Em nota, a companhia afirmou que não comenta processos judiciais em
andamento. E reiterou que “a empresa tem como objetivo prioritário a saúde de seus colaboradores e ressalta que desde o início da pandemia tem adotado um rígido protocolo de prevenção contra a covid-19 na sua unidade de Passo Fundo (RS) e em todas as suas plantas no Brasil, conforme as orientações dos órgãos de saúde e protocolo do Ministério da Saúde, Economia e Agricultura. A JBS também segue as orientações do Hospital Albert Einstein e especialistas médicos contratados pela
Companhia para apoiar na implantação rigorosa de medidas para a proteção de seus colaboradores.”

Fonte: Valor Econômico.

This post was published on 29 de junho de 2020

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Uruguai estuda protocolo para incluir gado terminado com grãos na Cota Hilton

Membros do setor privado uruguaio e do Poder Executivo estão estudando a possibilidade de solicitar… Read More

8 de julho de 2020

Produção de grãos no país deve chegar a 251,4 milhões de toneladas impulsionada pela colheita de milho e soja

A produção brasileira de grãos deverá ser de 251,4 milhões de toneladas na safra 2019/2020.… Read More

8 de julho de 2020

Exportação de carne bovina dos EUA atinge em maio menor nível mensal em 10 anos

As exportações de carne bovina e suína dos Estados Unidos caíram em maio, refletindo, em… Read More

8 de julho de 2020

Marfrig lança programa de apoio a pequenos restaurantes

A brasileira Marfrig, segunda maior indústria de carne bovina do mundo, lançou hoje um programa… Read More

8 de julho de 2020

Inmet emite alerta vermelho para chuvas no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um aviso vermelho (grande perigo) para acumulado de… Read More

8 de julho de 2020