Commodities: Milho dispara em Chicago com novos sinais sobre demanda firme nos EUA
27 de janeiro de 2021
Mercosul é quem mais ganha em acordo com UE, demonstra estudo
27 de janeiro de 2021

JBS:Aumento da demanda por soja e milho é estrutural,diz CEO

A disparada dos preços dos grãos é o sinal de uma transformação estrutural e não meramente pontual. A afirmação é do CEO da JBS, Gilberto Tomazoni, que participou de conferência promovida pelo Credit Suisse nesta terça-feira. 

De acordo com o executivo, o mundo caminha para o uso de mais energia sustentável e isso significa que mais soja será destinada para a produção de biodiesel e mais milho para a fabricação de etanol.

“Essas coisas são estruturais”, afirmou Tomazoni, que também fez breves comentários sobre o forte aumento dos custos do boi no Brasil – o preço do animal voltou a bater recorde neste início de ano, mesmo em um período tradicional de safra dos pastos. 

“Temos um aumento do custo bovino e isso tem levado a uma redução do consumo per capita”, disse o CEO da JBS. 

Para contornar a pressão de custos, as indústrias de carnes precisam de criatividade, inovação e aumento de produtividade, afirmou Tomazoni. “Tem que conseguir ser mais eficiente”, concluiu. 

Fonte: Valor Econômico.

Os comentários estão encerrados.