IPC-S acelera alta a 0,49%,puxado por carne bovina

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) acelerou a 0,49% na quarta quadrissemana de novembro, de alta de 0,25% na medição anterior. Com a alta, o IPC-S acumula 3,31% no ano e 3,61% em 12 meses.

Seis das oito classes de despesa pressionaram a inflação na última semana de novembro. A maior contribuição partiu do grupo alimentação (0,06% para 0,42%), puxado por carnes bovinas, cuja taxa passou de 4,37% para 8,00%.

Também registraram acréscimo os grupos habitação (0,23% para 0,50%), despesas diversas (1,98% para 3,14%), educação, leitura e recreação (0,29% para 0,59%), transportes (0,23% para 0,33%) e comunicação (0,01% para 0,14%).

Em contrapartida, o grupo vestuário (0,30% para 0,26%) apresentou recuo, enquanto o grupo saúde e cuidados pessoais repetiu a alta de 0,26% registrada na apuração anterior.

Fonte: Valor Econômico.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar