Instituto Paraguaio de Carne deverá ser criado em 60 dias

A criação de um instituto de carnes no Paraguai tem sido objeto de controvérsia nos últimos anos, mas despertou muito interesse do setor privado em posicionar melhor os produtos do país nos mercados internacionais.

O presidente da Associação Rural do Paraguai, Luis Enrique Villasanti, disse que “é essencial ter um instituto de carne paraguaio em nosso país, porque através de um esforço conjunto de instituições e organizações que o compõem, será possível abrir novos mercados mundiais de carne “.

Villasanti espera que a criação do instituto possa ser concluída nos próximos dois meses e pretende “ser acordada por todos”, além das diferenças existentes.

O presidente do ARP se reuniu na semana passada com o chanceler para discutir aspectos relacionados à criação do Instituto. “O comércio mundial de carne é uma questão que nos preocupa, e vimos com grande alegria que o chanceler tomou como um desafio pessoal a instalação de algo tão importante para os agricultores e a produção nacional”, disse ele.

Fonte: El País Digital.


ou utilize o Facebook para comentar