Indústria americana quer chefs de cozinha como “Embaixadores da Carne Bovina dos EUA”

O representante da Federação de Exportações de Carne dos Estados Unidos (USMEF), Yuri Barutkin, liderou uma equipe diversificada de chefs europeus e gerentes de empresas de alimentos em uma missão ao Colorado para educá-los sobre a carne bovina dos Estados Unidos e encorajá-los a se tornarem “embaixadores americanos” em seus países de origem.

O financiamento para a visita de uma semana, que incluiu sessões de treinamento e visitas a fazendas, restaurantes e pontos de venda, foi fornecido pela Texas Beef e pelo Beef Checkoff Program. A USMEF é uma empresa contratada para o Beef Checkoff.

Os participantes da equipe do chef eram da Polônia, Finlândia, Alemanha, Romênia, Itália, França, Holanda, República Tcheca e Bulgária.

Os destaques em vídeo da visita da equipe podem ser vistos aqui.

“Este foi um exercício muito importante, porque nosso objetivo é treinar os chefs para serem ‘multiplicadores’ no mercado europeu – queremos que eles voltem à sua terra natal e conversem com seus colegas e clientes e digam o que sabem sobre a carne bovina dos Estados Unidos”, disse Barutkin, que administra as atividades da USMEF na União Europeia e na Rússia e região.

“Os chefs nesta missão não eram apenas chefs. A maioria deles já trabalhou extensivamente com carne bovina dos EUA e eles foram selecionados para essa missão em parceria com distribuidores de carne bovina dos EUA em vários países europeus, com um plano que os distribuidores usarão esses chefs em futuras promoções e projetos focados na carne bovina dos EUA.”

Alguns são chefs de grandes hotéis, enquanto outros trabalham como chefs corporativos para distribuidores.

A equipe de chef da UE ganhou experiência prática com uma variedade de cortes de carne bovina dos EUA [Foto: USMEF]

Barutkin disse que o título “Embaixador da Carne Bovina dos EUA” será usado pelos chefs em seu retorno à Europa como forma de demonstrar seu conhecimento sobre a carne bovina dos EUA e seus atributos. Esses atributos foram demonstrados em uma visita educacional a uma fazenda de gado do norte do Colorado e em visitas em lojas de varejo em Denver.

Duas sessões de treinamento separadas conduzidas pelo chef da USMEF Jay McCarthy na Escola de Culinária Cook Street em Denver deram aos chefs novas ideias para cozinhar carne bovina dos Estados Unidos, enquanto uma excursão de uma dúzia de restaurantes Denver inspirou os chefs com uma variedade de conceitos de menu e apresentações.

O chefe da USMEF, Jay McCarthy, demonstra à equipe do chef da UE o preparo e o tempero do peito de carne bovina dos EUA durante uma sessão de treinamento em churrasco em Denver [Foto: USMEF]

“Aprendemos muito sobre cortes de carne bovina, coisas que muitos de nós não sabíamos, e também como usar esses cortes em nossos cardápios em casa – muitas informações interessantes que posso compartilhar com clientes na Alemanha”, disse Timo. Schwartz, um sommelier de carne da Gourmet Fleisch, uma empresa de carne alemã.

“Foi interessante ver os diferentes tipos de restaurantes em Denver e como eles preparam e apresentam a carne bovina dos EUA de várias maneiras. A criação de gado, onde aprendemos sobre produção, também foi muito importante, porque nos deu a oportunidade de ver como o gado é criado nos EUA.”

Os treinamentos de McCarthy cobriram as técnicas de churrasco e destacaram os cortes subutilizados de carne bovina dos EUA.

Fonte: TheCattleSite, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar