Impossible Foods abre mercado asiático com Hong Kong

A Impossible Foods está pronta para fornecer seus hambúrgueres vegetarianos fora dos EUA pela primeira vez.

O fornecedor de proteínas alternativas começou a abastecer redes de restaurantes em Hong Kong, incluindo Little Bao, Happy Paradise e Beef & Liberty, e confirmou planos de expansão para Cingapura.

Little Bao servirá o ‘Impossible Bao’, um sanduíche tradicional feito com hambúrguer à base de vegetais, molho teriyaki de pimenta preta, salada de kombu com limão e molho de tofu fermentado, entre dois pãezinhos cozidos no vapor por 118 dólares locais (US$ 15), enquanto o ‘Impossible’ XinJiang Hot Pocket ‘- um lanche de rua chinês – vai estrear no Happy Paradise, servido com especiarias daikon e XinJiang em conserva, por HK $ 88 (US$ 11,2).

Enquanto isso, o Beef & Liberty servirá o “Impossible Thai Burger” com pimenta, coentro, hortelã, manjericão, cebolinha, maionese de soja, cebolinha crocante e alho, por HK $ 135 (US$ 17,2).

A chef do Little Bao e Little Paradise, May Chow, que foi nomeada a melhor chef feminina da Ásia nos prêmios The World’s 50 Best Restaurants de 2017, disse que o público de Hong Kong estava exigindo estar na ponta das tendências culinárias globais.

O Impossible Burger também estará disponível de forma limitada através do importador e distribuidor líder da Ásia, Classic Fine Foods, que opera na Ásia e na Europa desde 2001.

O hambúrguer à base de vegetais é servido em mais de 1.400 lojas nos EUA, de restaurantes premiados a lanchonetes familiares. É feito usando ingredientes como água, proteína de trigo, proteína de batata e óleo de coco, assim como o heme, que dá ao produto seu sabor “carnudo”, de acordo com a Impossible Foods.

O CEO da Impossible Foods, Patrick Brown, disse que a empresa estava confiante de que Hong Kong seria o lar das mais inovadoras receitas “Impossible”.

A empresa revelou que estava explorando oportunidades de lançar em mercados adicionais ao longo de 2018.

Fonte: GlobalMeatNews.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar