RS: pecuaristas retomam debate da rastreabilidade estadual
7 de outubro de 2014
MT: houve baixa nos insumos utilizados na alimentação de bovinos de corte em set/14
7 de outubro de 2014

Fórum desafio 2050: como alimentar um mundo com 9 bilhões de pessoas?

Não basta produzir mais alimentos. O desafio de abastecer 9,3 bilhões de pessoas em 2050 exige que o Brasil e o mundo também reduzam perdas e desperdícios, abram o comércio mundial, invistam em inovação, revejam a relação das pessoas com a comida e garantam que os agricultores familiares tenham renda de forma sustentável.

Não basta produzir mais alimentos. O desafio de abastecer 9,3 bilhões de pessoas em 2050 exige que o Brasil e o mundo também reduzam perdas e desperdícios, abram o comércio mundial, invistam em inovação, revejam a relação das pessoas com a comida e garantam que os agricultores familiares tenham renda de forma sustentável.

Esses temas serão debatidos na edição 2014 do Desafio 2050, que será realizado no próximo dia 14 de outubro, em São Paulo. A iniciativa integra o Fórum Inovação, Agricultura e Alimentos criado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO-ONU), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Associação Nacional de Defesa Vegetal (Andef) e Associação Brasileira do Agronegócio (Abag).

A FAO-ONU projeta que o Brasil será o principal responsável pelo aumento da produção global de alimentos nas próximas décadas. “O Brasil está atendendo o chamado e ampliando constantemente a oferta de alimentos, por meio do desenvolvimento e da adoção de tecnologias”, avalia Alan Bojanic, representante da FAO-ONU para o Brasil e palestrante do evento no dia 14 de outubro. De acordo com projeções do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento divulgadas há duas semanas, só nos próximos 10 anos, o Brasil deve ampliar a produção de grãos e de carnes em mais de 30%.

O Desafio 2050 contará com apresentações também do presidente da Embrapa, Maurício Lopes; do coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da Unicamp, Walter Belik, que é um dos idealizadores do programa Fome Zero; da representante para o Brasil do Projeto Millennium e mestre em Estudos do Futuro pela Universidade de Houston, Rosa Alegria; da chef Monica Rangel, fundadora do Movimento Brasil à Mesa; e do embaixador Marcos Azambuja, ex-secretário-geral do Itamaraty e coordenador da Rio92.

O desafio 2050 – Unidos para alimentar o planeta, será no dia 14 de outubro de 2014, das 8h30 às 13h no Museu Brasileiro da Escultura MuBE | Av. Europa 218, São Paulo (SP)

Fonte: ANDEF, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

 

Os comentários estão encerrados.