Fiscais Agropecuários participam de curso de padronização de procedimentos de fiscalização

Auditores Fiscais Federais Agropecuários atuantes no Serviço de Inspeção Federal (SIF) e lotados em estabelecimentos de abate, participam, nesta semana, do curso de padronização de procedimentos de fiscalização e inspeção ante e post mortemde animais de abate. A atividade, promovida pelo Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa) da Secretaria de Defesa Agropecuária, ocorre na Escola Nacional de Gestão Agropecuária (Enagro).

Essa é a primeira de sete turmas que serão realizadas. Ao todo, 700 Auditores Fiscais Federais Agropecuários serão treinados. “É a primeira vez que reunimos tantos auditores de todas as áreas. Temos servidores com mais de 30 anos de atividade e os que ingressaram no último concurso”, observa a diretora do Dipoa, Ana Lúcia Viana.

 O principal objetivo do curso é a padronização dos procedimentos de fiscalização e inspeção ante e post mortem entre todos os servidores públicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), ficando os Auditores Fiscais responsáveis por treinarem os demais servidores atuantes em estabelecimentos de abate de aves, suínos e bovinos. Além disso, a área busca uniformizar o entendimento referente às diretrizes estipuladas pelas coordenações gerais do Dipoa.

 “Este treinamento é de suma importância no momento em que o Dipoa modernizou o SIF [Serviço de Inspeção Federal] com a publicação de várias normas. Esperamos ter um resultado muito bom com a padronização das ações”, ressaltou Viana.

Fonte: Mapa.


ou utilize o Facebook para comentar