Categories: AgroTalento

Fazenda da família: por que as pessoas não seguem minhas recomendações?

Espero que você esteja bem. Estamos aqui preparando muita coisa para os próximos dias. Teremos uma nova turma do AgroTalento. E uma série de vídeos inédita, de presente pra você.

Ontem, participei de uma imersão, sobre como criar experiências memoráveis para seus clientes. Tive uma série de ideias muito legais, para aplicar nessa próxima turma do AgroTalento.

Estou animado e feliz. Um amigo me perguntou sobre como está começando meu 2020.

Disse que está começando muitíssimo bem. Mas não pelo que fiz esse ano, mas por tudo que construímos dia após dia nesses últimos 20 anos… Com você deve ser assim também… É ou não é?

Vamos seguir no tema gestão da fazenda da família…

O tema de hoje é um grande e comum incomodo de quem trabalha na fazenda da família.

As pessoas se perguntam:

“Por que as pessoas não seguem nem ouvem minhas recomendações na fazenda da família?”

O ponto chave aqui é: para acreditar na mensagem é preciso acreditar no mensageiro primeiro.

Provavelmente, é por isso que as pessoas não estão seguindo suas recomendações. Ainda que essas recomendações sejam boas e bem intencionadas.

Você não tem um problema não de “mensagem”. Você tem sim, um problema “de mensageiro”.

As pessoas ainda não confiam em você… Pelo menos, o suficiente para seguir suas orientações…

Como você se torna um mensageiro mais confiável?

Você precisa pensar:

1- Como posso ter mais resultados?

2- Como posso ter mais embasamento no que estou dizendo?

3- Como posso me comunicar melhor, ser mais sereno, brigar menos?

4- Como posso trazer minha experiência prévia para aumentar meu valor?

Muitas vezes, um trabalho em outras áreas ajuda a aumentar seu valor como mensageiro.

Mas e se você não tem experiência profissional prévia? Tem um segredo que acelera e facilita esse processo…

Quem você pode encontrar, sem ser você, que tenha um fator mensageiro melhor que você?

Uma pessoa que seus familiares vão escutar mais? Você pode “pegar emprestada” essa autoridade de mensageiro para transmitir sua mensagem.

Outra coisa interessante é o jeito de falar. Quando for trazer uma ideia, busque envolver as pessoas de forma positiva.

Não busque “jogar na cara”.

Não fale coisas como “como você não sabe isso?”

Esteja em uma posição de quem traz a novidade, buscando conquistar – e não, convencer.

Quando você tem resultados e experiência prévia. E quando você aciona pessoas e ideias que podem servir de mensageiro junto com você, tem uma força maior.

Pense em como você pode deixar de ser um “convencedor”. Para se tornar um “conquistador”. Assim você conquistará a mente e o coração das pessoas envolvidas.

Nas suas grandes conquistas, você não convenceu. Você conquistou as pessoas. Parece apenas um jogo de palavras. Não é. Simples e poderoso. Já pensou em convencer uma pessoa a namorar com você? :-)

Pense também em como pode aumentar seus resultados e suas habilidades.

Isso tudo melhora seu “fator mensageiro”. Mesmo que sua mensagem seja muito boa, não é suficiente se o “fator mensageiro” não for bom.

This post was published on 3 de fevereiro de 2020

Share
Published by
Miguel da Rocha Cavalcanti

Recent Posts

Como melhorar a relação com o pai (ou outra pessoa da família) na fazenda?

Vem aí o primeiro Intensivão Legado 2021 sobre sucessão familiar na fazenda. Um dos nossos… Read More

15 de janeiro de 2021

Uruguai adota mais medidas preventivas contra Covid-19 em frigoríficos

Uma equipe público-privada multidisciplinar projetou medidas adicionais para os frigoríficos do Uruguai, buscando evitar os… Read More

15 de janeiro de 2021

Gestora KPTL faz aporte de R$ 3 milhões na startup de rastreabilidade Ecotrace

A KPTL, uma das principais gestoras de venture capital do Brasil, anunciou hoje um investimento… Read More

15 de janeiro de 2021

Marfrig reduz dívida com geração forte de caixa nos EUA

A extraordinária geração de caixa nos EUA viabilizará a redução da dívida bruta da Marfrig.… Read More

15 de janeiro de 2021

Emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal cresce 18% em 2020

O Serviço de Inspeção Federal (SIF) registrou o aumento de 18% na emissão de certificados… Read More

15 de janeiro de 2021

Mapa abre consulta pública sobre habilitação de estabelecimentos e trânsito de produtos de origem animal

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, nesta quinta-feira (14), a Portaria nº 198 que… Read More

15 de janeiro de 2021