Categories: Giro do Boi

FAO alerta para risco de desperdício de alimentos, desmatamento e extinção de raças de gado no mundo

Nada menos do que 73% das raças de gado bovino no mundo estão ameaçadas de extinção, diz a Agência das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), numa constatação que tende a preocupar os principais países produtores de carne do mundo.

Segundo a FAO, somente uma ínfima parte (1,3%) das cerca de 7 mil raças de gado do planeta dispõe de estoque de material genético suficiente para assegurar sua reconstituição em caso de extinção.

Trata-se “de uma situação inapropriada, visto que 73% do gado local avaliado está ameaçado de extinção”, diz a FAO em relatório com indicadores dos objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU ligados à alimentação e à agricultura.

A agência destaca que houve aumento do acesso global a recursos genéticos vegetais destinados à alimentação e agricultura — de 4,21 milhões, em 2005, para 5,43 milhões em 2019 —, mas considera que o trabalho para garantir a diversidade das culturas ainda é insuficiente.

O documento destaca que a pandemia da covid-19 torna o cumprimento das metas de redução da pobreza ainda mais difícil. Em escala global, a insegurança alimentar moderada ou grave aumentou e atinge agora 25,9% da população.

Enquanto isso, o desperdício de alimentos durante o processo de colheita, transporte, estocagem e transformação é calculado em 13,8% da produção globalmente — isso representa perdas de US$ 400 bilhões. Na América Latina, o percentual chega a 11,6% do total; na América do Norte e Europa, a 15,7%; e nas regiões central e sul da Ásia atinge o recorde de 20,7%

A FAO constata, também, que a produtividade e a renda dos pequenos produtores agrícolas são sistematicamente inferiores às dos produtores de maior escala.

Outro alerta da agência da ONU é sobre a continuidade da redução da superfície florestal no mundo, embora em ritmo menor. Passou de 31,9% a 31,2% entre 2000 e 2020. No Brasil, caiu de 60,3% a 59,4% entre 2015 e 2020.

Fonte: Valor Econômico.

This post was published on 16 de setembro de 2020

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Governo espanhol investe € 5,2 milhões em projeto de carne cultivada

O governo espanhol vai investir em um projeto de carne cultivada de € 5,2 milhões… Read More

22 de janeiro de 2021

CEPEA: Preço médio sobe quase 7% em jan/21, a maior alta da série para o período

Em janeiro, a arroba do boi gordo negociada no mercado paulista (Indicador CEPEA/B3) registra média… Read More

22 de janeiro de 2021

Biden anuncia retorno dos EUA ao Acordo de Paris

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciou o retorno dos Estados Unidos ao Acordo… Read More

22 de janeiro de 2021

Milho para a pecuária vai ser mais caro em 2021

Pecuarista, prepare-se se na dieta do seu gado está a compra de rações e grãos.… Read More

22 de janeiro de 2021

Indonésia importará gado e carne para preencher lacuna no abastecimento doméstico

A Indonésia importará 502.000 cabeças de gado e 85.500 toneladas de carne bovina para ajudar… Read More

22 de janeiro de 2021

IMAC pretende promover a produção sustentável da carne brasileira para outros países

Nesta quinta-feira (21), o Instituto Mato Grossense da Carne informou que pretende promover a carne… Read More

22 de janeiro de 2021