Monitor do Seguro Rural será retomado a partir de abril
17 de março de 2021
Novos surtos de peste suína africana na China assustam produtores americanos
17 de março de 2021

Exportações do agronegócio cresceram 2,8% em fevereiro e somaram US$ 6,5 bilhões

As exportações do agronegócio somaram US$ 6,5 bilhões em fevereiro, alta de 2,8% em relação a fevereiro de 2020, segundo análise da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O superávit comercial do setor no mês passado foi de US$ 5,2 bilhões. No acumulado de janeiro e fevereiro, as vendas externas foram de US$ 12,1 bilhões. 

A soja segue como principal produto da pauta exportadora. Em fevereiro, a oleaginosa teve participação de 17,5% na receita total das vendas que renderam US$ 1,1 bilhão, mesmo com queda de 33,1% em relação ao mesmo mês de 2020. 

O segundo principal item nas exportações de fevereiro foi a carne de frango in natura, que caiu quase 7% em relação ao mesmo mês do ano passado. O volume dos embarques teve pouca variação, “o que indica que a alta do dólar no mês beneficiou o exportador brasileiro”, diz a CNA, em nota. 

Os aumentos mais expressivos nos embarques brasileiros na comparação com fevereiro de 2020 foram do milho (+158,2%), que passou de US$ 66,6 milhões para US$ 172 milhões em 2021, e do açúcar refinado (+95%), cuja receita cresceu de US$ 68,6 milhões para US$ 133,8 milhões. 

Com liderança folgada da China, que respondeu por 26% da pauta comercial do agronegócio brasileiro em fevereiro, os destaques para o crescimento das exportações na comparação com 2020 foram a Indonésia, com alta de 110,9%, e a Turquia (+44,1%).

Fonte: Valor Econômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *