Somente a gestão diária dos vaqueiros pode levar ao aumento do bem-estar animal – Hugo da Costa [Faz. Sāo Pedro do Araguaia]
5 de fevereiro de 2014
EUA: EPA anuncia projeto para reduzir poluição do setor pecuário
5 de fevereiro de 2014

EUA: veja o tamanho do rebanho bovino americano em 2013

Como esperado, o rebanho bovino dos Estados Unidos diminuiu novamente durante 2013, apesar do número de novilhas sugerir uma tendência de crescimento. O número de bovinos, incluindo todos os bovinos e bezerros nos Estados Unidos, em 1 de janeiro de 2014 totalizou 87,7 milhões de cabeças, 2% a menos que as 89,3 milhões de cabeças em 1 de janeiro de 2013, de acordo com o último relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), divulgado em 31 de janeiro.

Esse é o menor rebanho em 1 de janeiro, desde 1951, quando o rebanho era de 82,1 milhões de cabeças. O número de vacas e novilhas que pariram, de 38,3 milhões, foi 1% menor do que os 38,5 milhões em 1 de janeiro de 2013. Esse é o menor rebanho dessa categoria de animais em 1 de janeiro desde 1941, quando foi de 36,8 milhões de cabeças.

O número de vacas de corte, de 29 milhões de cabeças, caiu em 1% com relação a janeiro de 2013, mas as novilhas de corte de reposição, com um rebanho de 5,5 milhões de cabeças, mostraram um aumento de 2%, sugerindo que, nacionalmente, os produtores começaram a buscar expansão do rebanho em 2013.

Avaliando os números de vacas de corte que pariram em 2013, entre os estados de maior produção de gado de corte, os números em Arkansas aumentaram em 4%, em Kansas aumentaram em 6%, e em Missouri, em 4%. Entre os estados com reduções nas vacas que pariram, Flórida declinou em 3%, Idaho em 13%, Iowa em 4%, South Dakota em 3%, Tennessee em 5% e Texas em 3%.

Para as novilhas de corte de reposição, vários importantes estados mostraram aumentos acima da média nacional. A reposição de novilhas em Colorado e Kansas aumentou em 4%, enquanto em Missouri aumentou em 5%, em Nebraska aumentou em 10%, em Oklahoma aumentou em 16% e em Texas, em 7%.

Outros dados importantes do relatório incluem:

  • O número de vacas leiteiras, de 9,2 milhões de cabeças, não mudou com relação a 1 de janeiro de 2013.
  • O número de novilhas de 226 quilos ou mais, de 18,8 milhões de cabeças, caiu em 2%.
  • As novilhas leiteiras de reposição, com 4,5 milhões de cabeças, não apresentaram mudanças.
  • Outras novilhas, 8,7 milhões de cabeças, tiveram queda de 5%.
  • Novilhos pesando 226 quilos ou mais, 15,4 milhões de cabeças, caíram em 3%.
  • Touros pesando 226 quilos ou mais, 2 milhões de cabeças, caíram em 1%.
  • Bezerros com menos de 226 quilos, 13,3 milhões de cabeças, caíram em 4%.
  • Bovinos e bezerros em engorda para abate em todos os estabelecimentos de engorda, 12,7 milhões de cabeças, caíram em 5%.
  • O número combinado total de bezerros com menos de 500 libras e outras novilhas e novilhos com mais de 226 quilos fora dos estabelecimentos de engorda foi de 24,7 milhões de cabeças, 3% a menos que no ano anterior.

Rebanho EUA
Fonte: Drovers, com dados do USDA, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Os comentários estão encerrados.