EUA iniciam segunda rodada de ajuda a agricultores na próxima semana

O Departamento de Agricultura dos EUA disse na sexta-feira que começará a fazer uma segunda rodada de pagamentos de ajuda comercial aos agricultores dos EUA na próxima semana.

Os pagamentos são a segunda parte de um pacote de ajuda de US$ 16 bilhões em três parcelas anunciado em maio deste ano para compensar os agricultores pela guerra comercial EUA-China. A China impôs tarifas sobre as principais exportações agrícolas dos EUA, incluindo soja e carne de porco no ano passado, depois que o governo do presidente dos EUA, Donald Trump, cobrou impostos sobre os produtos chineses.

Agora, os agricultores receberão 25% do pagamento total esperado, além dos 50% que já receberam na primeira rodada do pacote de 2019, informou o departamento em um comunicado.

Os pagamentos “darão aos agricultores, que tiveram um ano difícil devido a retaliações comerciais desleais e desastres naturais, fundos muito necessários a tempo do Dia de Ação de Graças”, disse o secretário da Agricultura, Sonny Perdue, em comunicado.

As inscrições para os pagamentos ocorrerão até 6 de dezembro, afirmou o comunicado. Se as condições justificarem, a terceira parcela será feita em janeiro de 2020, afirmou.

Os Estados Unidos e a China estão tentando negociar um pacto comercial de primeira fase para acabar com as tensões, mas não está claro quando ele poderá ser finalizado.

O governo dos EUA gastou cerca de US$ 12 bilhões em ajuda comercial para agricultores em 2018 e alguns grupos de agricultores já estão pedindo um terceiro ano de compensação. O departamento mudou a fórmula usada para calcular a ajuda recebida pelos agricultores, pagando taxas diferentes por município e não por safra.

Um grupo de democratas do Senado criticou, no início desta semana, o programa em uma carta ao departamento, dizendo que os pagamentos favoreceram injustamente os agricultores do sul sobre os do meio-oeste.

Fonte: Valor Econômico.

One thought on “EUA iniciam segunda rodada de ajuda a agricultores na próxima semana”

  • Sandoval Neto - 25/11/2019

    Estado mínimo é conversa fiada. Os USA praticam seu próprio protecionismo e ficam nos impondo seu discurso colonizador. O Brasil precisa parar de ser bobo

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar