APTA gera R$ 11,80 para a sociedade a cada R$ 1,00 investido na ciência agropecuária paulista
28 de abril de 2014
Principais indicadores do mercado do boi – 29-04-2014
29 de abril de 2014

Equipe 1 do Rally da Pecuária avalia áreas em três Estados

Técnicos da Equipe 1 do Rally da Pecuária 2014, maior expedição técnica privada do Brasil, percorrerão um roteiro inicial de 53 municípios em três estados até o dia 30 de abril. São 18 municípios no Mato Grosso do Sul, 20 no Paraná e 15 em São Paulo, em um cenário onde a pecuária tradicional a pasto está sob forte avanço da agricultura, pressionando os produtores para que adotem mais tecnologia. “Este roteiro inclui trechos de região pantaneira e a presença de grandes projetos de confinamento”, explica Maurício Palma Nogueira, coordenador geral da expedição.

Captura de Tela 2014-04-23 às 09.50.43

A largada oficial do Rally ocorreu em Campo Grande/MS na 6ª feira, dia 25 de abril. “O Mato Grosso do Sul é destaque na pecuária, pois, em área, representa apenas 5% do país, mas possui 10% do rebanho nacional. É considerado por muitos frigoríficos como o melhor Estado para terminar o boi a pasto onde há um dos maiores avanços em projetos de integração lavoura-pecuária-floresta”, afirmou José Ito, presidente da Câmara de Pecuária de Corte da Famasul.

Para Paulo Engel, secretário de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur) do Mato Grosso do Sul, o Rally é uma das ferramentas importantes para fortalecer a pecuária no Estado. “Passamos por uma transformação: aumentamos nossa área de cana para 700 mil hectares, chegamos a 800 mil hectares de floresta e quase dobramos nossa produção de grãos. Ouvimos críticas que iríamos acabar com nossa pecuária. Mas ocorreu justamente o contrário: fortalecemos nossa pecuária e aumentamos nossa produtividade. Temos carne de qualidade excepcional e nossa pecuária se manteve forte e pujante, resultado do trabalho desenvolvido por produtores de grãos e de carne que investiram em tecnologia”, disse.

Almir Dalpasquale, novo presidente da Aprosoja Brasil, explicou que quase todos os produtores de soja do Estado são pecuaristas. “Isso praticamente não ocorre em outros estados. E nossos produtores fazem isso com muita eficiência”, garantiu.

Eventos para pecuaristas

Nesta 2ª feira, dia 28, em Londrina/PR, e na 3ª feira, dia 29, em Presidente Prudente/SP, serão realizadas palestras para pecuaristas sobre perspectivas de curto e longo prazos e importância da aplicação de tecnologia (intensificação das pastagens, estratégias nutricionais, reprodução e sanidade, confinamento, integração lavoura e pecuária, profissionalização e mercado futuro). No total, serão 12 palestras ministradas pelo coordenador Maurício Palma Nogueira ao longo da expedição, que seguirá até 28 de maio.

As cinco equipes técnicas do Rally visitarão propriedades em Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Pará, Mato Grosso e Rondônia – que respondem por mais 75% do rebanho bovino nacional e 85% da produção de carne -, mapeando e fotografando pastagens para obter informações como homogeneidade do pasto, volume de massa, população de plantas, altura do capim, presença de erosão, plantas invasoras, além de um histórico de utilização dessas pastagens relatado pelos pecuaristas. No total, serão 164 municípios percorridos em cerca de 40 mil quilômetros, com o objetivo de realizar um levantamento completo, in loco, das áreas de cria, recria, engorda e confinamento das fazendas de pecuária.

Em encontros agendados com cerca de 120 pecuaristas, técnicos do Rally conduzirão entrevistas qualitativas e quantitativas para levantar, entre outros dados, áreas de pastagem e de agricultura em cada propriedade, total de cabeças de gado, confinamento, índices de fertilidade, natalidade e mortalidade, manejo sanitário e de pastagens e comercialização de animais. “Queremos estreitar o relacionamento com produtores, difundir conhecimentos e tecnologias que melhorem o resultado do pecuarista e contribuam para a melhoria da base estatística disponível”, explica André Pessôa, sócio diretor da Agroconsult.

O Rally também avaliará o Programa ABC (Agricultura de Baixo Carbono) no campo com uma equipe dedicada a visitar pecuaristas usuários da linha de crédito ABC.

Mais informações:

O trabalho das equipes e o roteiro completo da expedição poderão ser acompanhados pelo site www.rallydapecuaria.com.br, com informações atualizadas diariamente pelo www.twitter.com/RallydaPecuaria e www.facebook.com/rallydapecuariaoficial.

Realizada pela Agroconsult, a expedição é patrocinada por Dow AgroSciences e Caixa Econômica Federal, com apoio institucional da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC) e Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; e apoio da FIESP, Mitsubishi, BM&F/Bovespa, BeefPoint, Agrosatélite e Agroipes, além diversos outros apoios regionais, que se esforçam em aumentar a abrangência do projeto.

Eventos

  • Londrina/PR

Data: 2ª feira, 28 de abril, às 19h

Local: Crystal Palace Hotel – Rua Quintino Bocaiuva, 15 – Centro

  • Presidente Prudente/SP

Data: 3ª feira, 29 de abril, às 19h

Local: Sociedade Médica de Presidente Prudente – Rua Napoleão Antunes Ribeiro Homem, 432 – Jardim Marupiara

Fonte: Rally da Pecuária, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Os comentários estão encerrados.