França bane palavra carne dos produtos plant based
13 de julho de 2022
Raiva em herbívoros é fatal e pode ser prevenida com vacinação de rebanhos e controle da população de morcegos
14 de julho de 2022

E se ele não tivesse a coragem de fazer

Ontem, domingo, fui almoçar com meus dois irmãos e com meus três filhos em um dos meus lugares favoritos de São Paulo.

Eu também tenho duas irmãs (somos em 5), mas elas estavam no Rio de Janeiro…

Fomos no Debetti Dryaged, um casa de carnes e restaurante de alta qualidade e muito descontraído de São Paulo.

É um dos meus favoritos mesmo.

Saindo de lá, me passou um filme na minha cabeça…

Em 2001, ainda na Esalq/USP, finalizando o curso de agronomia, um professor que eu era estagiário, me pediu para organizar um jantar especial com pesquisadores de nutrição bovina, durante um simpósio em Piracicaba.

Fui conversar com um outro professor e mentor, muito amigo meu, sobre a possibilidade de se produzir uma carne dryaged para esse jantar.

E ele me falou que não seria possível, que era difícil, e que a Anvisa iria pegar no pé… Ou seja, me disse para não mexer com isso…

Acabou que o jantar nem aconteceu, mas fiquei com essa lembrança.

Entre 1999 e 2000, eu morei um ano nos EUA, e a carne top do top de lá, nas melhores steakhouses, nas mais chiques, nas mais renomadas, nas mais caras, nas mais famosas, era dryaged.

Para quem não conhece, carne dryaged é um processo de maturação a seco, onde uma peça grande de carne com osso fica maturando numa geladeira, sem estar embalada a vácuo.

Imagina um queijo curado. É bem diferente de um queijo fresco. A carne maturada a seco é como se fosse uma carne curada. Tem sabor bem mais forte.

É caro de se produzir, por ser perde pelo menos 30% do peso com a toalete e com a desidratação.

Pula para 2015…

Fiquei sabendo que uma pessoa estava fazendo carne dryaged em São Paulo.

Ainda nem tinha seu açougue. Não tinha sua marca.

Mas tinha começado a fazer em casa, para os amigos, no período da copa do mundo de 2014.

Em novembro de 2015, ele fez um curso no Eataly em São Paulo, e vendia a carne lá.

Eu fui fazer o curso. Eu comprei a carne para fazer em casa, numa frigideira com manteiga. 

O curso foi muito legal.

Acabei ficando amigo do agora famoso Rogério Betti, o Debetti, e ainda o convidei para participar de um painel no Beef Summit Brasil 2015, nosso evento do BeefPoint para umas 1.000 pessoas.

De lá para cá, o mercado de carnes especiais cresceu e mudou.

Hoje você encontra carne dryaged em muitos, muitos lugares do Brasil. Tem muita gente boa fazendo. Tem muitas boas opções.

Mas o primeiro foi o Debetti.

Ele que ajudou a criar esse mercado.

E esse pioneirismo dele ajudou a construir o nome, a marca e a reputação dele no mercado de carnes especiais.

Agora, pare e pense.

E se ele não tivesse a visão de se produzir carne dryaged.

E se ele não tivesse a coragem de começar a produzir.

E se ele não tivesse a competência de seguir adiante.

1- Visão
2- Coragem
3- Competência 

Ele teve os três.

E ajudou a moldar, positivamente, o mercado de carnes especiais.

Quero terminar esse email, com duas mensagens.

Primeiro.

Obrigado Debetti pela visão, coragem e competência. Você fez e faz a diferença no mercado de carnes especiais, e na pecuária brasileira.

Segundo.

E você, qual é o legado que você está deixando. Que você vai deixar. No seu mercado, no seu estado, na sua região, no seu segmento. 

Na sua família. No seu produto. Na sua história.

Eu tenho me feito essa pergunta. Eu quero deixar um legado maior de contribuição, de mudança, de impacto.

E você também pode.

E você também deve.

E você também merece.

Vamos que vamos!

Lembre-se: seu futuro pode (e deve) ser maior do que seu passado!

 Faz sentido para você?

Me responda aqui nesse email.

 Abraços, Miguel Cavalcanti 

PS: Alguns vídeos que podem ser muito úteis e bastante interessantes:

Negócio De Expressão com Rogério Betti – Entrevista #2 https://www.youtube.com/watch?v=TgOWUuYNFz8 

Um conversa longa sobre marketing de carne com o Debetti.

Carne dry aged – minha opinião https://www.youtube.com/watch?v=JKNhRn0rKQg (vídeo de 2016)

Churrascada | Entrevista Rogério Betti DeBetti e Miguel Cavalcanti #25 https://www.youtube.com/watch?v=xmHmZtHOeyI 

Vídeo curto e muito legal sobre churrasco.

Entrevista com Rogério DeBetti sobre carne especiais com maturação dry aged https://www.facebook.com/BeefPoint/videos/10153750416662661/ 

Essa é a primeira entrevista, no dia que nos conhecemos pessoalmente, lá de 2015!

Edmour Saiani (Ponto de Referência) – Man in the Arena #097 https://www.youtube.com/watch?v=ODnWS5PSoHY 

PS 2: E quando você estiver pronto…

Eu sempre estou pronto para ajudar quem quer dar o próximo passo… Qual será o seu passo?

Aqui estão 3 maneiras que posso ajudá-lo a expandir seu negócio e sua carreira no agro, e sua fazenda:


1- Mentoria AgroTalento

Nosso programa mais conhecido. São mais de 1.600 alunos, de todo o Brasil e de 8 países.

O AgroTalento é o maior e melhor programa de mentoria em gestão, estratégia e marketing do agro. 🌽☕️🥩

O programa mais avançado e completo para quem quer ter uma fazenda altamente lucrativa e construir seu legado.

Um treinamento intenso de 7 semanas que vai te formar como agro-empreendedor, com mais lucro na fazenda.

Inclui também, ano de acompanhamento com um time de mentores escolhidos a dedo, sobre gestão, estratégia, finanças e mercado.

Preencha o formulário no link abaixo e minha equipe vai conversar com você.
http://www.agrotalento.com.br/chance 


2- Aliança AgroTalento, é um grupo de mastermind que existe desde agosto de 2015.

Temos muito orgulho do grupo, dos seus membros, e do trabalho que realizamos. Estamos mudando o agro e a pecuária.

São dezenas de agro-empreendedores que atuam em diversos setores do agro. Esse é nosso grupo de clientes (e amigos) mais próximo e mais avançado.

Para aplicar para o nosso grupo acesse: http://www.agrotalento.com.br/a 


3- Aceleradora Alpaca Marketing, um programa de mentoria e consultoria em grupo, com o objetivo de acelerar os resultados da sua marca no agro.

Aumentar suas vendas, sua margem e aumentar o número de clientes. E ainda melhorar o perfil de clientes e aumentar a taxa de recompra e recomendação.

Para aplicar para a Aceleradora Alpaca Marketing: http://www.agrotalento.com.br/alpacamktg 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.