Dono da Marfrig faz acordo com MPF para pagar R$ 100 milhões à Caixa

O dono da empresa Marfrig, Marcos Molina, fechou um acordo com o Ministério Público Federa (MPF) para pagar uma indenização de R$ 100 milhões à Caixa Econômica Federal. O montante se refere a eventuais danos causados ao banco envolvendo o pagamento de propina.

O acordo foi negociado pela força-tarefa da Operação Greenfield, da Procuradoria da República do Distrito Federal, e não se trata de uma delação nem envolve uma admissão de culpa. O que o acerto pode permitir são atenuantes penais caso o executivo seja condenado por crimes na liberação de R$ 300 milhões da Caixa para a Marfrig.

O juiz Vallisney de Oliveira, da 10a Vara Federal do DF, homologou o acordo no dia 15.

Os crimes foram relatados na delação premiada do doleiro Lúcio Funaro. Ele disse ter recebido R$ 10 milhões em propinas de Molina para interceder pela liberação de recursos da Caixa para a Marfrig, em 2012.

Fonte: Valor Econômico.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar