Agro 4.0: BovExo expande plataforma de gestão para pecuária de corte
3 de setembro de 2021
USDA espera redução de 6% na produção brasileira de carne bovina em 2021
3 de setembro de 2021

Demora para emissão de certificados para exportação reflete falta de fiscais, diz fonte

A demora para a emissão de certificados para exportação, por auditores do Serviço de Inspeção Federal (SIF), reflete a falta de profissionais na área agropecuária, segundo uma fonte do setor sindical. A fonte negou que uma greve esteja nos planos — pelo menos por enquanto. 

Executivos do setor privado disseram ao Valor que três frigoríficos pararam de abater animais por causa da lentidão. Ainda de acordo com a fonte sindical, o Ministério da Agricultura vem sendo alertado há tempos sobre o impacto da redução no quadro de profissionais ativos. Segundo a fonte, o número de fiscais agropecuários caiu 25% de 2010 para cá.

“Conforme alguns vão se aposentando, outros vão acumulando tarefas. Muitos que atuam em frigoríficos, que precisam de inspeção permanente, estão atendendo outros cinco estabelecimentos de inspeção periódica”, diz. 

Verba para contratações 

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, já teria solicitado ao Ministério da Economia verba para novas contratações, mas a resposta da Pasta comandada por Paulo Guedes foi negativa. Ao Valor, a fonte reforçou que o SIF não é o único afetado neste momento. 

Fiscais que atuam nos Portos de Santos (SP) e de Itajaí (SC) também estão sobrecarregados, assim como os trabalhadores da Vigilância Agropecuária Internacional (Viagro), que redobraram os cuidados para impedir que a peste suína africana entre no país pelos aeroportos. 

Fonte: Valor Econômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *