Acordo entre Mercosul e UE pode ficar para 2023
16 de março de 2021
Conheça a startup que testa carnes nos EUA
16 de março de 2021

Confira o desempenho de exportação das carnes nas duas primeiras semanas do mês de março

Comparativamente à primeira semana de março, melhoraram de forma significativa os embarques das carnes suína e de frango. Já os de carne bovina sofreram ligeira redução mas, ainda assim, podem fechar março corrente com bom aumento em relação a março de 2020.

Nos primeiros dez dias úteis do corrente mês – de um total de 23 dias úteis – os embarques de carne bovina somaram 59,6 mil toneladas, os de carne suína 44,8 mil toneladas e os de carne de frango 175,8 mil toneladas. E tais volumes aplicados à totalidade do mês sinalizam embarques de 103 mil toneladas para a carne suína, de 137 mil toneladas para a carne bovina e de 404 mil toneladas para a carne de frango.

Tais desempenhos, se atingidos, significarão aumentos de volume de, respectivamente, 63%, 9% e 23%. E, pelo menos para as carnes bovina e suína, devem vir acompanhados de aumento também no preço médio (a carne de frango permanece com preço médio inferior ao de março de 2020, mas agora a queda é mínima, de 1,5%).

Resultado final: perspectiva de aumento generalizado na receita cambial das três carnes. Ou, pelo desempenho médio atual, incremento anual de 67% na receita da carne suína, de 23,5% na de carne de frango e de pouco mais de 13% da carne bovina.

Pode ser a segunda vez na história do setor que se alcança, em apenas um mês, a marca do US$1,5 bilhão.

Fonte: Agronews.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *