Categories: Entrevistas

Confira entrevista com Eduardo Penteado Cardoso, palestrante do BeefSummit Bem-estar Animal

O BeefPoint realizará no dia 8 de maio, o BeefSummit Bem-estar Animal, e trará as melhores práticas em bem-estar animal do Brasil.

Será entregue o Prêmio BeefPoint – Edição Bem-estar Animal, um prêmio criado pelo BeefPoint para homenagear quem faz a diferença na pecuária de corte brasileira.

Para conhecer melhor os palestrantes e os temas de suas palestras, o BeefPoint preparou uma série de entrevistas com os palestrantes do BeefSummit Bem-estar animal.

Confira abaixo a entrevista com Eduardo Penteado Cardoso, sócio-executivo da Fazenda Mundo Novo

Eduardo Penteado Cardoso é engenheiro agrônomo (ESALQ, 1972). Com especialização em pastagens tropicais no CSIRO – Queensland/Austrália. Coordenador técnico do Programa Trienal de Melhoramento de Pastagens, BNB-Fortaleza/CE. Sócio de Sementes Semel Ltda-Matão/SP. Diretor da Manah Agropastoril Ltda-Brotas/SP e atualmente sócio-executivo da Fazenda Mundo Novo – Uberaba/MG.

BeefPoint: O que você implementou de diferente em sua propriedade, que levou você a ser um dos finalistas do Prêmio BeefPoint Edição Bem-estar Animal?

Eduardo P. Cardoso: Tudo começou quando comecei a priorizar e selecionar o gado considerando o temperamento do animal, com isso me interessei por procedimentos de manejo que pudessem potencializar essa característica e que eu conseguisse separar os animais mais mansos dos animais mais bravos, na minha opinião, tudo deve gerar benefícios para o homem, ou seja animais mais mansos trazem menos riscos, mais benefícios, menos danos materiais, tudo que gere o bem estar do homem.

Meu interesse pelo bem-estar animal vem desde a década de 80 e aumentou depois que participei do grupo GAMA, grupo que surgiu com ideia do professor Mateus, éramos 6 ou 7 produtores cada produtor relatava sua experiência, foi muito bom, aprendi bastante nessas reuniões, fomos também um dos pioneiros neste tema – o primeiro curral comercial de manejo racional foi instalado em nossa propriedade.

BeefPoint: Quais técnicas/práticas você desempenha em sua fazenda que resultou em bons resultados e que você julga importante, quando o tema é bem-estar animal?

Eduardo P. Cardoso: Na desmama nós utilizamos vacas madrinhas, como forma de seguir o instinto dos bezerros de, naturalmente, formarem as “creches”, sempre com algumas vacas adultas por perto. Esse procedimento reduz o trauma da desmama, quando o bezerro é privado de alguns confortos: leite, presença da mãe, outros bezerros já conhecidos, etc. e a técnica de manejo do curral, um curral pelo menos adaptado é importante, não uso ferrão em minha fazenda, não uso choque, uso o sistema de bandeira e funciona muito bem.

BeefPoint: Conte pra nós qual a aceitabilidade de sua equipe quanto às técnicas de bem-estar animal? Como é feito o treinamento de seus funcionários?

Eduardo P. Cardoso: A pecuária é muito tradicional e sempre tratávamos o gado na “porrada”, essa prática vem desde a colonização, mas com pancada a gente perde muito, nós humanos temos inteligência então temos ela como ferramenta para manejar o gado, a primeira reação da equipe era de dúvida, porém com o tempo foi consolidando e eles foram acreditando, mas é preciso fazer treinamentos de reciclagem, mais cursos que motivem o pessoal a melhorar cada vez mais. E além de conceitos básicos devemos descobrir técnicas novas de manejo racional.

BeefPoint: O que estamos precisando melhorar na pecuária de corte?

Eduardo P. Cardoso:  Precisamos conhecer mais o instinto dos animais e só depois inovar, devemos observar mais o comportamento dos animais e devemos motivar  a equipe, pois esses detalhes é que fazem a diferença.

BeefPoint: Quais seus planos para 2014?

Eduardo P. Cardoso: Quando trabalhamos com melhoramento genético a meta é melhorar cada vez mais, então este é meu objetivo, melhorar cada dia mais o meu trabalho de seleção, ter um animal cada dia mais útil e lucrativo para nosso cliente.

BeefPoint: Qual o exemplo de profissional dessa área você mais admira?

Eduardo P. Cardoso: Admiro muito o Senhor José da Rocha Cavalcanti, pois ele tem esta filosofia de observar os animaise entender os animais e o que eles precisam.

BeefPoint: Qual seu recado para os pecuaristas?

Eduardo P. Cardoso: Não desistam da pecuária pois apesar da margem ser menor temos um diferencial, pois a pecuária brasileira tem um diferencial que é a produção de carne a pasto em volumes muito grandes e com potencial de aumento da produção. Não devemos esquecer que o boi é um ruminante e que devemos tratar o boi bem pois ele tem a capacidade de transformar fibra em carne. Devemos continuar melhorando o gado pois a melhoria é sempre irreversível.

Conheça melhor o BeefSummit Bem-Estar Animal!

This post was published on 7 de maio de 2014

Share

View Comments

  • Parabéns ao BeefSummit Bem-estar Animal, por ter escolhido e eleito o Sr. Eduardo Penteado Cardoso para receber o prêmio Bem Estar Animal. Homem estudioso, observador, perseverante e dedicado com a pecuária.
    Engenheiro Agrônomo, que elegeu a pecuária e o melhoramento de bovinos, lida de longo tempo ,onde as metas curtas implicam em décadas para se perceber resultados. Cuidadoso tambem com a pecuária a pasto, sempre ligado ao melhor custo benefício para o pecuarista.
    Desejo sucesso e vida longa ao Dr Eduardo Penteado Cardoso e à pecuária.

  • Empresário como o Sr. Eduardo Penteado Cardoso,que fazem da nossa pecuária ser o diferencial no bem estar animal.

Recent Posts

Alemanha encontra seis novos casos de peste suína africana em javalis; já são 86 casos

Mais seis casos de peste suína africana (PSA) foram confirmados em javalis na região de… Read More

22 de outubro de 2020

China pede correções após inspeções em frigoríficos

A auditoria remota feita por autoridades chinesas em frigoríficos brasileiros que estão com as vendas… Read More

22 de outubro de 2020

Ipea eleva estimativa para o crescimento do PIB da agropecuária

A produção recorde de soja na safra 2019/20 e a confirmação de colheitas robustas de… Read More

22 de outubro de 2020

Inmet lança aplicativo com informações meteorológicas para o setor agrícola

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lançou a versão do aplicativo SISDAGRO (Sistema de Suporte… Read More

22 de outubro de 2020

Produção sustentável nas metrópoles

Exposta pela greve dos caminhoneiros de 2018 e, em todas as suas cores, pela atual… Read More

22 de outubro de 2020

Fazendas urbanas conquistam consumidor

As fazendas urbanas estão colhendo mais do que ervas e verduras. Quatro operações ouvidas pelo… Read More

22 de outubro de 2020