Condições típicas de El Niño devem atrasar o plantio da safra de grãos

Diante do aquecimento das águas superficiais do oceano Pacífico, condição típica de formação de El Niño, o início do período das chuvas deve atrasar no país. Segundo Graziella Gonçalves, meteorologista da Climatempo, a tendência é que as chuvas só voltem a se regularizar a partir de novembro, atrasando o início do plantio de grãos da safra 2018/19 no país.

“Setembro tem a tendência de chuva irregular e, conforme o aquecimento do Pacífico se prolongue, teremos atraso no início do período úmido”, afirmou a meteorologista. Ainda de acordo com ela, as chuvas deste início de mês devem se prolongar até o dia 15, mas não serão suficientes para recuperar os níveis de umidade do solo no Centro-Sul do país.

“Essas chuvas têm hora para acabar”, disse. A partir da segunda quinzena de agosto, as previsões da CLimatempo são de que as precipitações voltem a se concentrar no Sul do país, sobretudo Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Fonte: Valor Econômico.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar