Categories: Giro do Boi

Commodities: Nova onda de covid-19 na Europa pesa sobre as cotações dos grãos em Chicago

O clima de aversão ao risco, que determinou o andamento de da maior parte dos mercados financeiros globais nesta quarta-feira, também afetou os preços dos grãos negociados na bolsa de Chicago. A preocupação dos investidores é que a nova onda de covid-19 na Europa provoque novas retrações das atividades econômicas.

Soja e milho registraram as maiores perdas. Enquanto a desvalorização dos lotes da soja para janeiro foi de 2,02% (21,75 centavos de dólar), para US$ 10,5475 o bushel, os contratos de milho para março de 2021 caíram 2,94% (12,25 centavos de dólar), para US$ 4,0425 o bushel.

Nesta quarta-feira, a França anunciou um novo lockdown nacional a partir de sextafeira, com o fechamento novamente de diversos setores, como bares e restaurantes, para conter o avanço da pandemia, foi fundamental para o cenário baixista.

Além disso, a chanceler alemã Angela Merkel também confirmou nesta quarta-feira um lockdown parcial no país a partir de 2 de novembro.

“Há um mês, a narrativa nos mercados era de que os lockdowns seriam limitados e teriam alvos específicos — e que, portanto, teriam um impacto muito menor sobre a economia”, disse no início do pregão Hugh Gimber, estrategista global de mercados do J.P. Morgan Asset Management, à Dow Jones Newswires. “Agora o que estamos vendo são receios de que os lockdowns podem ter um impacto mais amplo”, completou.

A falta de sinais efetivos da demanda chinesa por grãos americanos colaborou para abrir espaço para as quedas de soja e milho. O analista Dan Hueber, do Hueber Report, disse à Dow Jones Newswires que a falta de compras no país asiático nos últimos dias tem deixado o mercado em compasso de espera.

No mercado do trigo, o cenário de maior aversão ao risco entre os investidores também fez as cotações caírem nesta quarta-feira, mas menos. A queda dos lotes para dezembro foi de 1,14% (7 centavos de dólar), para US$ 6,0875 o bushel.

Fonte: Valor Econômico.

This post was published on 29 de outubro de 2020

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Chegou a sua chance de mudar o jogo da fazenda

Se você quer… 📍 Ter uma fazenda com mais lucro, satisfação, reconhecimento com mais harmonia.… Read More

5 de março de 2021

Uruguai: INAC considera exportar para países do Sudeste Asiático

O Instituto Nacional de Carnes (INAC) do Uruguai está explorando a possibilidade de facilitar exportações… Read More

5 de março de 2021

Senador dos EUA proporá lei que impede importação de commodities associadas a desmatamento

Os Estados Unidos deverão discutir em breve um projeto de lei para impedir que o… Read More

5 de março de 2021

Votação na Suíça pode definir peso de exigências ambientais

Pela primeira vez os suíços vão votar sobre um acordo comercial. A consulta popular a… Read More

5 de março de 2021

Rastrear fornecedores indiretos de gado demanda ‘várias engrenagens’, diz membro do comitê de sustentabilidade da Marfrig

O rastreamento dos fornecedores indiretos de gado dos frigoríficos para zerar o desmatamento nessa parcela… Read More

5 de março de 2021

Nova cepa de peste suína africana na China preocupa analistas

Uma nova cepa do vírus causador da peste suína africana (ASF) identificada na China tem… Read More

5 de março de 2021