Categories: Marketing da Carne

Começa campanha para melhorar churrascos britânicos

Mais de um quarto dos britânicos gostariam de ver mais carne de cordeiro e bovina assadas na forma de churrasco neste verão. No entanto, o churrasco britânico também foi eleito o pior do mundo com alimentos queimados, churrasqueiros e bebidas ruins citados como os principais obstáculos – em uma pesquisa para a Simply Beef and Lamb.

Assim, em uma  tentativa de recuperar os churrascos britânicos, foi lançada uma campanha para ajudar os britânicos a grelhar carnes como um australiano, um americano ou um argentino, que mais de metade dos britânicos concordam que são os melhores churrasqueiros do mundo.

O chefe de Marketing de carne bovina e de cordeiro do Agriculture and Horticulture Development Board (AHDB), Nick White disse: “É um equívoco a ideia de que o bife é difícil de preparar no churrasco – na verdade, é um dos cortes mais rápidos e saborosos para se preparar na grelha. É brilhantemente versátil e existem inúmeras maneiras de apreciá-lo, de cortá-lo em kebabs para marinar em diferentes sabores.”

A AHDB está visando o mercado de churrasco do país porque apresenta uma grande oportunidade para a indústria de carne bovina e ovina. No ano passado, cerca de 108 milhões de churrascos foram realizados – com quase metade sendo no meio da semana (46%) e o restante no final de semana (54%). O número de churrascos realizados também aumentou em 6% com relação ao ano anterior.

Para os produtores de carne bovina, a indústria atualmente é fortemente dependente da carne moída, o que representa metade da utilização da carcaça. A carne moída também é a principal maneira pela qual os consumidores mais jovens optam por comer carne bovina.

O produtor de carne bovina e churrasqueiro de Surrey, Steve Conisbee, disse: “O bife é delicioso e, com milhões de britânicos fazendo churrasco qualquer dia da semana, precisamos ajudá-los a aprender a preparar bifes de churrasco, como os australianos ou os argentinos”.

A campanha está sendo executada ao longo dos meses de verão e conta com o apoio do YouTuber, Anto Sharp e do “Food Busker”, online, John Quilter – que, juntos, têm mais de 1,4 milhões de seguidores em todos os canais de mídia social.

Confira o site da campanha: http://www.simplybeefandlamb.co.uk/campaigns/bbq.

Fonte: http://www.thecattlesite.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 16 de junho de 2017

Share

View Comments

  • O que o criador do Brasil esta fazendo para melhorar este cenario? Visto que grandes marcas queimaram o mercado brasileiro, porem ainda temos um consumo de carne/churrasco muito alto no brasil

  • Bem eu nao queria comentar, mas sim gostaria de ter um exclarecimento nesta area. trabalho numa industria de carne bovina e gostaria de saber, qual a melhor dica para fazer uma campanha pulicitaria-Road show para industria de carne bovina e qual material deveria usar?

    Pisco Mazuze

Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Empresas que vendem carne bovina direto ao consumidor vê aumento da demanda em meio à pandemia nos EUA

A D&D Cattle Co., em Herman, Nebraska, comercializa carne bovina criada em rancho direto para… Read More

26 de maio de 2020

Uruguai: INAC lançará aplicativo que permite comprar carne e receber em casa

O Instituto Nacional da Carne (INAC) do Uruguai está trabalhando no design e na execução… Read More

26 de maio de 2020

O tal do hedge: os casos de Minerva e Suzano

Quando se tornou CFO da Minerva Foods em 2009, Edison Ticle trazia 15 anos de… Read More

26 de maio de 2020

No Brasil,maioria das fortunas nasceu de negócio familiar

Na lista dos mais ricos do Brasil, a maioria das fortunas foi criada a partir… Read More

26 de maio de 2020

Importação chinesa de carne suína bate recorde

As importações chinesas de carne suína bateram novo recorde em abril. O país asiático, que… Read More

26 de maio de 2020

Planta da Minerva em Goiás é habilitada a exportar carne bovina à Tailândia

A Minerva Foods, líder nas exportações de carne bovina na América do Sul, informou, em… Read More

26 de maio de 2020