Categories: Giro do Boi

Com follow on de R$ 1,4 bi, Minerva enterra plano de IPO no Chile

Aproveitando a valorização de 185% de suas ações em um ano e o momento favorável à indústria frigorífica, a Minerva Foods, maior exportadora de carne bovina da América do Sul, vai fazer uma oferta pública de ações que pode movimentar quase R$ 1,4 bilhão, levando em consideração o preço de fechamento dos papéis na quarta-feira (15) – encerraram o pregão cotados a R$ 14,45. Na B3, a companhia de carne está avaliada em pouco mais de R$ 5,8 bilhões.

A maior parte dos recursos da oferta irá para o caixa da empresa, mas os Vilela de Queiroz, que controlam a Minerva, também venderão ações. Ao todo, a companhia oferecerá 95 milhões de ações – na parcela primária, 80 milhões de novas ações serão emitidas. A VDQ, veículo por meio do qual os Vilela de Queiroz controlam o grupo, venderão 15 milhões de ações na secundária. Apesar de reduzirem sua posição acionária com a oferta – de 29% a menos de 20% -, os Vilela de Queiroz se manterão no controle da companhia graças ao acordo de acionistas que mantém com a Salic, gestora ligada ao Reino da Arábia Saudita que possui 32% do capital da companhia.

Considerando a atual cotação das ações da Minerva, aproximadamente R$ 1,1 bilhão reforçará o caixa da empresa. Com esse montante, a companhia de carne deve acelerar o processo de redução do endividamento. No fim de setembro, o índice de alavancagem (relação entre a dívida líquida e o Ebitda) era de 3,8 vezes. Com os recursos da capitalização, a relação pode ficar abaixo de 3 vezes, tendo também em vista a perspectiva de maior geração de caixa ao longo de 2020.

A oferta de ações, que será feita com esforços restritos (destinada a investidores profissionais), será concluída rapidamente. Pelo cronograma anunciado no fim da noite de quarta-feira (15) pela Minerva, a precificação da oferta ocorrerá em 23 de janeiro. A operação será concluída em 3 de fevereiro. As reuniões com os investidores potenciais começa nesta quinta-feira (16). O BTG Pactual é o banco coordenador da oferta. J.P. Morgan, Bradesco BBI, Itaú BBA e BB também participam do sindicato de bancos.

Ao realizar a oferta, a Minerva enterra de vez os planos de abrir o capital da subsidiária Athena Foods, que reúne os negócios fora do Brasil, na bolsa do Chile, uma operação que também traria mais de R$ 1 bilhão ao caixa da empresa brasileira. Em maio de 2019, a companhia chegou a programar o evento para a abertura de capital em Santiago, mas o IPO da subsidiária foi adiado devido às condições adversas do mercado. Posteriormente, a eleição de Alberto Fernandez à presidência da Argentina tornou mais difícil a plano da Minerva de fazer o IPO no Chile, devido à maior percepção de risco dos investidores. Um terço da receita da Athena vem da Argentina.

Fonte: Valor Econômico.

This post was last modified on 16 de janeiro de 2020 12:40

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Por que lucratividade é muito mais importante do que produtividade na sua fazenda?

Por que é tão importante falar de lucratividade versus produtividade? A primeira coisa é: são dados reais! Existem poucos bancos… Read More

28 de janeiro de 2020

Efeito do coronavírus no consumo de carne: “O que está acontecendo não é bom”, diz empresário uruguaio

O surto do coronavírus está alarmando o mundo, especialmente a China e outros países da Ásia, e está causando um… Read More

28 de janeiro de 2020

EUA: Futuros de gado caem em meio a temores de coronavírus

Na sexta-feira, o futuro dos bovinos vivos e para engorda dos EUA atingiu seus preços mais baixos em meses, em… Read More

28 de janeiro de 2020

Fogo na Austrália e peste suína africana devem favorecer carne brasileira

Os incêndios na Austrália afetam a produção de carnes no país, o que deve abrir espaço para novo salto de… Read More

28 de janeiro de 2020

Mapa faz esclarecimentos sobre coronavírus

Diante da emergência do vírus identificado na China em dezembro de 2019 – Coronavírus e já detectado em vários países,… Read More

28 de janeiro de 2020

Serviço de Inspeção Federal completa 105 anos

Responsável por assegurar a qualidade de produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis, destinados ao mercado interno e externo,… Read More

28 de janeiro de 2020

Assista Aula Grátis "As 7 Estratégias do Lucro em Fazendas"

Quero Assistir