Centro dos EUA vê maior chance de El Niño no fim do ano

O Centro de Previsões Climáticas dos EUA (CPC, na sigla em inglês) elevou a probabilidade de formação do fenômeno climático El Niño durante o outono e inverno no Hemisfério Norte (primavera e verão no Hemisfério Sul) em seu boletim de julho.

De acordo com o órgão, há 65% de chances de formação de El Niño durante o outono e 70% de chances no inverno deste ano. Em junho, o CPC apontava 50% de chances de El Niño para o outono e 65% para o inverno. “O consenso das previsões indica o início do El Niño durante o outono do Hemisfério Norte, se estendendo até o inverno”, afirma o boletim.

Recentemente, outros institutos de meteorologia passaram a prever El Niño para este ano, mas com intensidade amena.

O El Niño é caracterizado pelo aquecimento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico tropical. No Brasil, tende a provocar chuvas abaixo da média no Nordeste do país e elevar as precipitações na região Sul.

Fonte: Valor Econômico.


ou utilize o Facebook para comentar