Carne vermelha dos EUA faz progresso no mercado sul-africano

Cheyenne McEndaffer, Gerente de Serviços Técnicos da Federação de Exportações de Carnes dos EUA (USMEF), acaba de retornar da África do Sul, onde se reuniu com importadores de carne bovina e suína dos EUA, bem como possíveis clientes interessados em produtos de carne vermelha dos EUA.

A carne bovina e suína dos EUA recuperou o acesso à África do Sul em 2016. McEndaffer explica que a maioria das exportações dos EUA consistiu em fígados bovino e outros miúdos, com a África do Sul agora classificada como o segundo maior mercado (atrás do Egito) de fígados bovinos dos EUA. Os cortes de carne bovina menos tradicionais também ganharam força em restaurantes de alto padrão nas principais cidades da África do Sul.

Até maio, as exportações de carne bovina e miúdos para a África do Sul totalizaram 5.829 toneladas no valor de US $ 7 milhões. As exportações de carne suína foram de 383 toneladas no valor de US $ 356.000.

Fonte: Drovers, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar