Cargill reporta progresso do Piloto de Sustentabilidade da Carne Canadense

A Cargill anunciou que mais de 1 milhão de libras (450 mil quilos) de carne bovina foram produzidas durante o terceiro trimestre de seu Canadian Beef Sustainability Pilot. Em um comunicado, a companhia disse que o volume do piloto quase dobrou de seu primeiro trimestre para o terceiro.

“Embora grande parte desse crescimento inicial possa ser atribuído aos esforços diligentes dos parceiros do piloto como resultado da atualização dos sistemas, registros e processos para garantir que toda a carne que atende ao padrão seja registrada e rastreada, o programa também viu um aumento constante na participação de produtores de gado e parceiros de foodservice”, disse Mike Martin, diretor de comunicações da Cargill.

Durante o terceiro trimestre do piloto, os produtores de gado canadenses participantes ganharam créditos de US $ 18,52 por cabeça. Martin disse que os pagamentos feitos pelos varejistas participantes e operadoras de serviços alimentícios estão financiando créditos concedidos aos produtores de gado durante o piloto em reconhecimento por seu envolvimento e compromisso com a sustentabilidade da carne bovina canadense.

“O crédito de dólares por cabeça varia a cada trimestre do piloto, com base no número total de animais qualificados, pesos de gado e demanda de carne de operadores de varejo e de serviços alimentícios participantes”, disse Martin. “O objetivo do piloto é fornecer permanentemente um suprimento consistente de carne bovina de fontes sustentáveis certificadas para nossos clientes de varejo e foodservice e seus consumidores canadenses, de acordo com padrões recentemente desenvolvidos pela Canadian Roundtable for Sustainable Beef.”

A Cargill lançou seu Piloto de Sustentabilidade da Carne Canadense no outono de 2017. Os pagamentos trimestrais de crédito do projeto piloto aos produtores até o momento são: 3º trimestre, US $ 18,52 por cabeça; 2º trimestre, US $ 20,11 por cabeça; 1º trimestre, US $ 10,00 por cabeça.

O piloto de Aceleração de Sustentabilidade da Carne Canadense (CBSA) da Cargill rastreia a carne de fazendas auditadas através da cadeia de fornecimento até os consumidores. Esse esforço expande o projeto que terminou em 2016, no qual o McDonald’s Canada colaborou com a Cargill e outras partes interessadas da cadeia de fornecimento para demonstrar a viabilidade de tal programa.

A Cargill diz que um número crescente de produtores canadenses de gado de corte estão concluindo as etapas necessárias para se qualificarem para o piloto, com o objetivo de permitir que os participantes do varejo e de serviços alimentícios forneçam consistentemente uma oferta de carne bovina de fontes sustentáveis certificadas aos consumidores. Somente gado canadense é elegível para participar, e o gado é processado nas instalações da Cargill High River, Alberta.

Fonte: Drovers, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar