Bolívia será declarada livre de febre aftosa

Em maio, a Bolívia será proclamada livre de febre aftosa pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), garantiu o vice-ministro de Desenvolvimento Rural boliviano, Víctor Hugo Vázquez.

Em 2011, o país conseguiu o status de livre da doença para a região do Altiplano, nesse caos, sem vacinação. Depois, obteve a certificação do Chaco e Los Valles em 2012, ambas com vacinação.

“Agora, será somada a Amazônia, que inclui os departamentos de maior produção pecuária, com seis milhões de cabeças de bovinos. Assim, todo o rebanho nacional terá o alto reconhecimento sanitário. O governo e os produtores têm feito os esforços necessários e os investimentos ultrapassaram US$ 20 milhões”.

Fonte: Valor Carne, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 7 de maio de 2014

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

China deverá comprar mais carne bovina dos EUA

Por Greg Bloom Há muitas notícias sobre a China no ano passado que foram amplamente… Read More

23 de novembro de 2020

Grupo de pecuária sustentável atualiza guia ambiental para setor produtivo

Novos indicadores para orientar o setor produtivo a atingir a pecuária sustentável acabam de ser… Read More

23 de novembro de 2020

Eleição de Biden trará muitos efeitos para o agro brasileiro, diz Marcos Jank

O professor sênior de Agronegócio Global do Insper, Marcos Jank, disse nesta quinta-feira (19/11) que… Read More

23 de novembro de 2020

Preço da reposição segue firme e liquidez em leilões é total

Ao longo desta semana, o mercado de reposição operou com preços firmes, sustentados pela maior… Read More

23 de novembro de 2020

Arroba do boi termina a semana estacionada em R$ 285 em São Paulo

Na semana passada, o mercado brasileiro do boi gordo registrou quedas nos preços da arroba,… Read More

23 de novembro de 2020

JBS USA cobrirá todos os custos de saúde relacionados à covid-19 de seus empregados

A JBS USA informou nesta sexta-feira (20) que vai cobrir 100% dos custos de saúde… Read More

23 de novembro de 2020